Festa do Batistão terá ingresso beneficente

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/07/2019 às 00:44:00

 

A festa do Centenário 
do Batistão terá a 
parte espiritual com a missa em ação de graças pela manhã, a parte festiva com a queima de fogos também pela manhã, a parte social com o café da manhã e as homenagens que serão prestadas a ex-atletas, cronistas e autoridades, a parte esportiva com os jogos das Escolas de Esporte pela manhã e o grande encontro à noite, entre a Seleção do Brasil com os "Amigos de Washington Coração Valente", enfrentando a Seleção Sergipana. 
Mas a Superintende Mariana Dantas, não esqueceu a parte beneficente. A ação solidária.  Assim, a partir desta sexta-feira (5), os ingressos para a partida de futebol entre "Amigos de Washington Coração Valente" e a Seleção Sergipana, estarão disponíveis nas bilheterias da Arena Batistão. Cada ingresso das cadeiras azuis e vermelhas será trocado por um quilo de alimento não perecível. Para as cadeiras brancas, serão exibidos dois quilos de alimentos.
- Preparamos uma grande festa para se comemorar os 50 Anos do Batistão. Mas não esquecemos também daqueles menos favorecidos. Então, os ingressos para a partida de futebol, serão trocados por alimentos não perecíveis. Posteriormente esses alimentos serão entregues a entidades de caridade, amenizando o sofrimento dos menos favorecidos. Assim, estaremos proporcionando uma grande festa com lazer e diversão, mas ao mesmo tempo, realizando uma ação solidária, ajudando às entidades de caridade - lembrou a Superintende Mariana Dantas. 
Jogo festivos - O estádio Lourival Batista completará 50 anos de existência, e para celebrar a data, um jogo festivo com a presença de craques do passado, entre eles, Washington "Coração Valente". O artilheiro do Brasileirão de 2004 vai comandar a Seleção Brasileira contra a Seleção Sergipana de Geraldo e outros ídolos do futebol local. A partida está marcada para às 18h, do dia 09 de julho.
No mesmo dia, haverá uma extensa programação para festejar o aniversário de 50 anos da maior praça esportiva de Sergipe. "O estádio merece receber uma série de homenagens. O Batistão tem hoje status de Arena de Copa do Mundo e será um privilégio jogar naquele tapete, especialmente depois de me tornar cidadão aracajuano", destacou Washington.
Como jogador de futebol, o Coração Valente nunca jogou no maior palco do futebol sergipano. Como treinador, trabalhou apenas em outro grande estádio de Sergipe, o Etelvino Mendonça, quando dirigiu o Itabaiana no ano passado. "Uma pena eu nunca ter jogado para valer naquele campo. Sorte do Pelé, Romário, Seedorf, Loco Abreu, Geraldo e outros tantos atletas que tiveram a honra de pisar no gramado do Batistão. Eu vou sentir esse gostinho pela primeira vez", afirmou o ex-jogador, que atualmente exerce o cargo de secretário Nacional do Esporte, Lazer, Educação e Inclusão Social do governo federal.
De estádio à Arena - O Batistão foi inaugurado em 9 de julho de 1969 com a presença da Seleção Brasileira de Pelé e Cia. Na partida inaugural, o Brasil venceu Sergipe por 8 a 2. Mais do que uma goleada, o povo sergipano vibrou com a construção de um estádio moderno para aquela época. Em 2014, virou Arena Batistão, ao passar por uma grande reforma para receber a Seleção da Grécia, em preparação para a Copa do Mundo no Brasil. Em 2016, a seleção do Japão treinou no estádio, para a Olimpíada do Rio de Janeiro.

A festa do Centenário  do Batistão terá a  parte espiritual com a missa em ação de graças pela manhã, a parte festiva com a queima de fogos também pela manhã, a parte social com o café da manhã e as homenagens que serão prestadas a ex-atletas, cronistas e autoridades, a parte esportiva com os jogos das Escolas de Esporte pela manhã e o grande encontro à noite, entre a Seleção do Brasil com os "Amigos de Washington Coração Valente", enfrentando a Seleção Sergipana. 
Mas a Superintende Mariana Dantas, não esqueceu a parte beneficente. A ação solidária.  Assim, a partir desta sexta-feira (5), os ingressos para a partida de futebol entre "Amigos de Washington Coração Valente" e a Seleção Sergipana, estarão disponíveis nas bilheterias da Arena Batistão. Cada ingresso das cadeiras azuis e vermelhas será trocado por um quilo de alimento não perecível. Para as cadeiras brancas, serão exibidos dois quilos de alimentos.
- Preparamos uma grande festa para se comemorar os 50 Anos do Batistão. Mas não esquecemos também daqueles menos favorecidos. Então, os ingressos para a partida de futebol, serão trocados por alimentos não perecíveis. Posteriormente esses alimentos serão entregues a entidades de caridade, amenizando o sofrimento dos menos favorecidos. Assim, estaremos proporcionando uma grande festa com lazer e diversão, mas ao mesmo tempo, realizando uma ação solidária, ajudando às entidades de caridade - lembrou a Superintende Mariana Dantas. 

Jogo festivos - O estádio Lourival Batista completará 50 anos de existência, e para celebrar a data, um jogo festivo com a presença de craques do passado, entre eles, Washington "Coração Valente". O artilheiro do Brasileirão de 2004 vai comandar a Seleção Brasileira contra a Seleção Sergipana de Geraldo e outros ídolos do futebol local. A partida está marcada para às 18h, do dia 09 de julho.
No mesmo dia, haverá uma extensa programação para festejar o aniversário de 50 anos da maior praça esportiva de Sergipe. "O estádio merece receber uma série de homenagens. O Batistão tem hoje status de Arena de Copa do Mundo e será um privilégio jogar naquele tapete, especialmente depois de me tornar cidadão aracajuano", destacou Washington.
Como jogador de futebol, o Coração Valente nunca jogou no maior palco do futebol sergipano. Como treinador, trabalhou apenas em outro grande estádio de Sergipe, o Etelvino Mendonça, quando dirigiu o Itabaiana no ano passado. "Uma pena eu nunca ter jogado para valer naquele campo. Sorte do Pelé, Romário, Seedorf, Loco Abreu, Geraldo e outros tantos atletas que tiveram a honra de pisar no gramado do Batistão. Eu vou sentir esse gostinho pela primeira vez", afirmou o ex-jogador, que atualmente exerce o cargo de secretário Nacional do Esporte, Lazer, Educação e Inclusão Social do governo federal.
De estádio à Arena - O Batistão foi inaugurado em 9 de julho de 1969 com a presença da Seleção Brasileira de Pelé e Cia. Na partida inaugural, o Brasil venceu Sergipe por 8 a 2. Mais do que uma goleada, o povo sergipano vibrou com a construção de um estádio moderno para aquela época. Em 2014, virou Arena Batistão, ao passar por uma grande reforma para receber a Seleção da Grécia, em preparação para a Copa do Mundo no Brasil. Em 2016, a seleção do Japão treinou no estádio, para a Olimpíada do Rio de Janeiro.