Integrante de facção baiana morre em operação no Mosqueiro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/07/2019 às 00:45:00

 

Mais um integrante de facções criminosas da Bahia morreu em Sergipe, após ser localizado por equipes policiais. A nova operação aconteceu ontem, ao início da manhã, no Mosqueiro (zona de expansão de Aracaju). O alvo foi Michael Andrade Lima, o 'Robissão', 30 anos, apontado como líder da facção 'Bonde do Maluco' (BDM) e autor de assaltos a carros-fortes e bancos ocorridos em Sergipe e na Bahia. Ele foi localizado após um trabalho das polícias Federal e Civil dos dois estados. 
Segundo a Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), Robissão foi encontrado em uma casa no Mosqueiro e usava documentos falsos para tentar dificultar sua localização. Durante o cerco dos agentes, ele disparou vários tiros contra eles, provocando um confronto, mas acabou baleado. O foragido morreu enquanto era levado ao pronto-socorro Fernando Franco, no Augusto Franco (zona sul). Com ele, foi apreendida uma pistola com munições.

Mais um integrante de facções criminosas da Bahia morreu em Sergipe, após ser localizado por equipes policiais. A nova operação aconteceu ontem, ao início da manhã, no Mosqueiro (zona de expansão de Aracaju). O alvo foi Michael Andrade Lima, o 'Robissão', 30 anos, apontado como líder da facção 'Bonde do Maluco' (BDM) e autor de assaltos a carros-fortes e bancos ocorridos em Sergipe e na Bahia. Ele foi localizado após um trabalho das polícias Federal e Civil dos dois estados. 
Segundo a Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), Robissão foi encontrado em uma casa no Mosqueiro e usava documentos falsos para tentar dificultar sua localização. Durante o cerco dos agentes, ele disparou vários tiros contra eles, provocando um confronto, mas acabou baleado. O foragido morreu enquanto era levado ao pronto-socorro Fernando Franco, no Augusto Franco (zona sul). Com ele, foi apreendida uma pistola com munições.