SSP aponta queda de 30,1% nos homicídios dolosos no 1º semestre

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os crimes violentos estão diminuindo no Estado
Os crimes violentos estão diminuindo no Estado

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/07/2019 às 22:51:00

 

O primeiro semestre deste ano encerrou com redução no número de homicídios dolosos em Sergipe. Segundo levantamento feito pela Coordenadoria de Análise e Estatística Criminal (CEACrim), os seis primeiros meses de 2019 apresentaram uma redução de 30,1% em relação a 2018. Na capital, essa queda foi de 47,4%. As reduções vêm sendo registradas desde o ano de 2016.
De acordo com levantamento, em Sergipe, neste ano foram contabilizados 386 ocorrências deste crime em todo o estado, contra os 552 de 2018, representando uma redução de 30,1%. Em comparação com 2016, ano em que houve alta nos índices, foram 622 registros, o que significa uma queda de 37,9% ou 236 menos casos.
Na capital, os dados da CEACrim apontam uma redução de 47,4% entre este ano e 2018. Em 2019, foram 90 casos, enquanto que no ano passado, 171, representando uma diferença de 81 registros. No comparativo com 2016, onde foram contabilizados 188 ocorrências, a redução foi de 52,1%, o que significa menos 98 casos.
A incidência de homicídios dolosos também apresentou queda na Região Metropolitana. O levantamento demonstra que nos seis primeiros meses de 2019 foram 70 ocorrências, contra 108 do ano passado, representando uma redução de 35,2%. Em relação a 2016, em que houve 134 registros, a queda foi de 47,8% ou 64 menos ocorrências.
Latrocínios - Um dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) que vêm registrando reduções em Sergipe é o latrocínio (roubo seguido de morte). De acordo com os dados do CEACrim, o primeiro semestre de 2019 registrou uma queda de 28% nestas ocorrências: foram 13 casos em 2019, contra 18 em 2018 e 30 em 2017. No comparativo com o mesmo período do ano passado, os dados representam reduções de 28% e 57%, respectivamente.
No comparativo feito considerando apenas as quatro cidades que formam a Região Metropolitana (Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros) foram três casos em 2019, contra nove em 2018 e 11 em 2017. Os dados representam reduções de 67% e de 73%, respectivamente.
Já no interior do estado, em comparação com o mesmo período do ano passado, houve o aumento de um caso. Em 2019 foram 10 ocorrências, contra nove em 2018. No entanto, em relação a 2017, quando foram registrados 19 casos, os dados apresentam uma redução de 47% na incidência de latrocínios.

O primeiro semestre deste ano encerrou com redução no número de homicídios dolosos em Sergipe. Segundo levantamento feito pela Coordenadoria de Análise e Estatística Criminal (CEACrim), os seis primeiros meses de 2019 apresentaram uma redução de 30,1% em relação a 2018. Na capital, essa queda foi de 47,4%. As reduções vêm sendo registradas desde o ano de 2016.
De acordo com levantamento, em Sergipe, neste ano foram contabilizados 386 ocorrências deste crime em todo o estado, contra os 552 de 2018, representando uma redução de 30,1%. Em comparação com 2016, ano em que houve alta nos índices, foram 622 registros, o que significa uma queda de 37,9% ou 236 menos casos.
Na capital, os dados da CEACrim apontam uma redução de 47,4% entre este ano e 2018. Em 2019, foram 90 casos, enquanto que no ano passado, 171, representando uma diferença de 81 registros. No comparativo com 2016, onde foram contabilizados 188 ocorrências, a redução foi de 52,1%, o que significa menos 98 casos.
A incidência de homicídios dolosos também apresentou queda na Região Metropolitana. O levantamento demonstra que nos seis primeiros meses de 2019 foram 70 ocorrências, contra 108 do ano passado, representando uma redução de 35,2%. Em relação a 2016, em que houve 134 registros, a queda foi de 47,8% ou 64 menos ocorrências.

Latrocínios - Um dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) que vêm registrando reduções em Sergipe é o latrocínio (roubo seguido de morte). De acordo com os dados do CEACrim, o primeiro semestre de 2019 registrou uma queda de 28% nestas ocorrências: foram 13 casos em 2019, contra 18 em 2018 e 30 em 2017. No comparativo com o mesmo período do ano passado, os dados representam reduções de 28% e 57%, respectivamente.
No comparativo feito considerando apenas as quatro cidades que formam a Região Metropolitana (Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros) foram três casos em 2019, contra nove em 2018 e 11 em 2017. Os dados representam reduções de 67% e de 73%, respectivamente.
Já no interior do estado, em comparação com o mesmo período do ano passado, houve o aumento de um caso. Em 2019 foram 10 ocorrências, contra nove em 2018. No entanto, em relação a 2017, quando foram registrados 19 casos, os dados apresentam uma redução de 47% na incidência de latrocínios.