Sindicato dos Bancários de Sergipe completa 85 Anos no dia 14 de julho

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Ivânia Pereira, presidente do Sindicato dos Bancários
Ivânia Pereira, presidente do Sindicato dos Bancários

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 12/07/2019 às 22:50:00

 

O dia 14 de julho é um 
dia especial para os 
bancárias e bancários sergipanos. O Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) foi fundado em 14 de julho de 1934. A data foi escolhida para reverenciar o dia da Revolução Francesa.
Este ano, o SEEB/SE completa 85 anos e vem se consagrando como um dos mais fortes e consolidados sindicatos do Estado de Sergipe. Nessa longa trajetória, a bancária do Banese, Ivânia Pereira reeleita-presidenta é a primeira mulher a comandar a entidade. No ano em que comemorou 80 décadas de existência, a gestão do então presidente José Souza de Jesus, o SEEB/SE homenageou as lideranças bancárias com a exposição da linha do tempo de ex-presidentes do SEEB e criou o selo personalizado e comemorativo à data histórica.
Este ano a data histórica será comemorada na abertura do I Congresso dos Bancários e Bancárias de Sergipe, a ser realizado nos dias 19 e 20 deste mês. Além das comemorações dos 85 Anos do SEEB/SE, a abertura terá a posse festiva da nova Direção do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE).
"O Congresso pretende provocar análise sobre a situação política e econômica do País e abordar temas específicos da categoria, como as implicações das inovações tecnológicas no trabalho bancário e os impactos das mudanças na legislação trabalhista para os trabalhadores e a organização sindical e a Reforma da Previdência", afirma Ivânia Pereira.
Dos palestrantes do Congresso, confirmaram presenças o advogado Cezar Britto; o secretário do Trabalho e Emprego do Estado da Bahia, Davidson Magalhães; o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, e o economista do Dieese/SE, Luis Moura.
Ainda da programação, o Congresso promoverá Grupos de Trabalho/GTs dos bancos privados, públicos federais e Banese, que contarão com representação das seguintes instituições: Cassi e Previ/BB; Casse e Sergus/Banese; Capef e Camed/BNB; Funcef e Saúde Caixa/CEF.

O dia 14 de julho é um  dia especial para os  bancárias e bancários sergipanos. O Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) foi fundado em 14 de julho de 1934. A data foi escolhida para reverenciar o dia da Revolução Francesa.
Este ano, o SEEB/SE completa 85 anos e vem se consagrando como um dos mais fortes e consolidados sindicatos do Estado de Sergipe. Nessa longa trajetória, a bancária do Banese, Ivânia Pereira reeleita-presidenta é a primeira mulher a comandar a entidade. No ano em que comemorou 80 décadas de existência, a gestão do então presidente José Souza de Jesus, o SEEB/SE homenageou as lideranças bancárias com a exposição da linha do tempo de ex-presidentes do SEEB e criou o selo personalizado e comemorativo à data histórica.
Este ano a data histórica será comemorada na abertura do I Congresso dos Bancários e Bancárias de Sergipe, a ser realizado nos dias 19 e 20 deste mês. Além das comemorações dos 85 Anos do SEEB/SE, a abertura terá a posse festiva da nova Direção do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE).
"O Congresso pretende provocar análise sobre a situação política e econômica do País e abordar temas específicos da categoria, como as implicações das inovações tecnológicas no trabalho bancário e os impactos das mudanças na legislação trabalhista para os trabalhadores e a organização sindical e a Reforma da Previdência", afirma Ivânia Pereira.
Dos palestrantes do Congresso, confirmaram presenças o advogado Cezar Britto; o secretário do Trabalho e Emprego do Estado da Bahia, Davidson Magalhães; o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, e o economista do Dieese/SE, Luis Moura.
Ainda da programação, o Congresso promoverá Grupos de Trabalho/GTs dos bancos privados, públicos federais e Banese, que contarão com representação das seguintes instituições: Cassi e Previ/BB; Casse e Sergus/Banese; Capef e Camed/BNB; Funcef e Saúde Caixa/CEF.