Itabaiana terá que fazer o "algo mais"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O treinador Ferreira admite que o time serrano pode reverter o quadro atual, mas vai precisar de postura e o apoio da torcida
O treinador Ferreira admite que o time serrano pode reverter o quadro atual, mas vai precisar de postura e o apoio da torcida

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/07/2019 às 22:39:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@Yahoo.com.br
O Itabaiana ainda 
não perdeu no 
Brasileiro da Série D, jogando em casa este ano. Mas no próximo jogo, marcado para as 20h00 no Etelvino Mendonça, o time serrano terá que vencer e vencer por uma diferença superior a dois gols, para conquistar o tão sonhado acesso à Série C na próxima temporada., diferença de dois gols leva a decisão para os pênaltis. Vitória com diferença de um gol ou empate a vaga será do Ituano-SP. A derrota de 3x1 no último sábado no estádio Novelli Junior deixou o Itabaiana nessa situação delicada. 
Mas não só para o treinador José Ferreira, mas também para a grande maioria dos jogadores. A tarefa é difícil, mas não impossível. Para essa partida, o time serrano terá a presença de quatro titulares, que não participaram do jogo em Itu-SP. Os meias Jacobina e Igor Alves, o lateral esquerdo Deivid e o zagueiro Berto estão em recuperação e com certeza se farão presentes nessa partida. 
O Itabaiana terá ainda um trunfo importante que é a presença maciça do torcedor serrano. A torcida do Itabaiana fará a diferença nessa partida, incentivando a equipe, para superar tantas dificuldades. Domingo não basta vencer. O Itabaiana precisa de um "algo mais" para conquistar a classificação. 
Ferreira acredita que o time pode conquistar a vaga, mas vai ter que ter uma postura mais agressiva e se cuidar para não tomar gol. Ele admite que não fez um bom jogo em Itu.   
- A gente não fez um bom primeiro tempo. Foi um primeiro tempo ruim. Eles saíram na frente e, mesmo assim, conseguimos fazer o gol de empate. Em seguida, levamos o gol de bola parada, na bola desviada. No segundo tempo, voltamos bem melhor no jogo. Tivemos mais posse de bola, conseguimos equilibrar, mas o que mais pedi foi atenção na bola parada, pois a bola parada deles é muito forte. Foi justamente assim que levamos o terceiro gol. Temos uma semana para trabalhar bem. Conhecemos suficientemente bem a equipe deles. Em casa, com o apoio da nossa torcida, tenho certeza de que vamos conseguir fazer um bom jogo e tentar reverter esse quadro - disse Ferreira, treinador do Itabaiana.
O zagueiro e capitão Hugo foi bastante crítico à atuação do time no interior de São Paulo. Para ele, a equipe jogou bem abaixo do que poderia.
- Infelizmente, ficamos devendo. Nosso time jogou um futebol muito abaixo do que é capaz. Não vou falar em erros individuais. Vou falar do erro do nosso time como um todo. Erramos muito, cometemos erros que não podem ser cometidos principalmente em fases decisivas como essa e contra times qualificados como é o Ituano. - disse o zagueiro e capitão Hugo.

O Itabaiana ainda  não perdeu no  Brasileiro da Série D, jogando em casa este ano. Mas no próximo jogo, marcado para as 20h00 no Etelvino Mendonça, o time serrano terá que vencer e vencer por uma diferença superior a dois gols, para conquistar o tão sonhado acesso à Série C na próxima temporada., diferença de dois gols leva a decisão para os pênaltis. Vitória com diferença de um gol ou empate a vaga será do Ituano-SP. A derrota de 3x1 no último sábado no estádio Novelli Junior deixou o Itabaiana nessa situação delicada. 
Mas não só para o treinador José Ferreira, mas também para a grande maioria dos jogadores. A tarefa é difícil, mas não impossível. Para essa partida, o time serrano terá a presença de quatro titulares, que não participaram do jogo em Itu-SP. Os meias Jacobina e Igor Alves, o lateral esquerdo Deivid e o zagueiro Berto estão em recuperação e com certeza se farão presentes nessa partida. 
O Itabaiana terá ainda um trunfo importante que é a presença maciça do torcedor serrano. A torcida do Itabaiana fará a diferença nessa partida, incentivando a equipe, para superar tantas dificuldades. Domingo não basta vencer. O Itabaiana precisa de um "algo mais" para conquistar a classificação. 
Ferreira acredita que o time pode conquistar a vaga, mas vai ter que ter uma postura mais agressiva e se cuidar para não tomar gol. Ele admite que não fez um bom jogo em Itu.   
- A gente não fez um bom primeiro tempo. Foi um primeiro tempo ruim. Eles saíram na frente e, mesmo assim, conseguimos fazer o gol de empate. Em seguida, levamos o gol de bola parada, na bola desviada. No segundo tempo, voltamos bem melhor no jogo. Tivemos mais posse de bola, conseguimos equilibrar, mas o que mais pedi foi atenção na bola parada, pois a bola parada deles é muito forte. Foi justamente assim que levamos o terceiro gol. Temos uma semana para trabalhar bem. Conhecemos suficientemente bem a equipe deles. Em casa, com o apoio da nossa torcida, tenho certeza de que vamos conseguir fazer um bom jogo e tentar reverter esse quadro - disse Ferreira, treinador do Itabaiana.
O zagueiro e capitão Hugo foi bastante crítico à atuação do time no interior de São Paulo. Para ele, a equipe jogou bem abaixo do que poderia.
- Infelizmente, ficamos devendo. Nosso time jogou um futebol muito abaixo do que é capaz. Não vou falar em erros individuais. Vou falar do erro do nosso time como um todo. Erramos muito, cometemos erros que não podem ser cometidos principalmente em fases decisivas como essa e contra times qualificados como é o Ituano. - disse o zagueiro e capitão Hugo.