Turnê de despedida da banda 5 a Seco aterrissa em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/07/2019 às 22:32:00

 

A turnê de despedida da banda paulista 5 a Seco, que anunciou há alguns meses uma pausa após 10 anos de carreira, vai aterrissar em Aracaju, dia 21 de julho, no Teatro Atheneu.
A visita da banda '5 a seco' apresenta toda a esperteza da cena que despontou há um bom par de anos: informação, balanço e alguma reverência aos principais valores musicais da música tupiniquim (pense nos picos artísticos da produção brazuca, independente de uma localização precisa no tempo). Tudo isso embalado a timbres de guitarra da hora, com carregado tempero indie. 
O '5 a seco' é um coletivo musical de MPB formado em 2009 que já gravou três CD's e um DVD, este último com participações especiais de artistas consagrados como Lenine, Maria Gadú e Chico César. O nome do grupo adianta sua formação: cinco músicos compositores desempenhando todos papel fundamental na banda. Sempre na unha e no talo.
Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni respondem pelos dois discos do conjunto. O mais recente, Síntese (2018), assevera a competência dos músicos. Inteligência e balanço constantes. De resto, o som da banda está aberto a toda a sorte de influências, atirando para todos os lados. Às vezes dá caldo.
O segundo lote de ingressos por ser adquirido na bilheteria do Teatro Atheneu, apenas em dinheiro, de terça a domingo das 12h às 19h. Ou em dinheiro ou cartão na loja Souldila, no Shopping Riomar, e no Tomar Drinks, que fica atrás do Subway da Hermes Fontes e funciona de terça a sábado das 15h às 23h. Também é possível garantir pela internet através da plataforma Sympla.com.br/playproducoes (aceita parcelamento). Censura 16 anos.

A turnê de despedida da banda paulista 5 a Seco, que anunciou há alguns meses uma pausa após 10 anos de carreira, vai aterrissar em Aracaju, dia 21 de julho, no Teatro Atheneu.
A visita da banda '5 a seco' apresenta toda a esperteza da cena que despontou há um bom par de anos: informação, balanço e alguma reverência aos principais valores musicais da música tupiniquim (pense nos picos artísticos da produção brazuca, independente de uma localização precisa no tempo). Tudo isso embalado a timbres de guitarra da hora, com carregado tempero indie. 
O '5 a seco' é um coletivo musical de MPB formado em 2009 que já gravou três CD's e um DVD, este último com participações especiais de artistas consagrados como Lenine, Maria Gadú e Chico César. O nome do grupo adianta sua formação: cinco músicos compositores desempenhando todos papel fundamental na banda. Sempre na unha e no talo.
Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni respondem pelos dois discos do conjunto. O mais recente, Síntese (2018), assevera a competência dos músicos. Inteligência e balanço constantes. De resto, o som da banda está aberto a toda a sorte de influências, atirando para todos os lados. Às vezes dá caldo.
O segundo lote de ingressos por ser adquirido na bilheteria do Teatro Atheneu, apenas em dinheiro, de terça a domingo das 12h às 19h. Ou em dinheiro ou cartão na loja Souldila, no Shopping Riomar, e no Tomar Drinks, que fica atrás do Subway da Hermes Fontes e funciona de terça a sábado das 15h às 23h. Também é possível garantir pela internet através da plataforma Sympla.com.br/playproducoes (aceita parcelamento). Censura 16 anos.