Encerrado Seminário Internacional de Paralímpico

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Seminário Internacional sobre Esportes Paralimpicos foi encerrado neste sábado no auditória da Unit
O Seminário Internacional sobre Esportes Paralimpicos foi encerrado neste sábado no auditória da Unit

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/07/2019 às 14:11:00

 

Depois de três dias de palestras, mesas redondas e debates sobre os esportes paralimpicos, foi encerrado na tarde deste sábado, o II Seminário Internacional de Esportes Paralimpicos. O Governo de Sergipe, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), participou do evento com a presença de 100 professores da rede pública estadual.
A abertura do evento aconteceu na tarde de quinta-feira, 18, no Campus Farolândia, da Universidade Tiradentes, em Aracaju e contou com a presença de centenas de profissionais das áreas de educação e saúde. O evento é promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) em parceria com a Academia Paralímpica Brasileira (APB) e se encerrará no sábado, 20.
O seminário é voltado para professores da área de Educação Física, que estão atuando em escolas das redes estadual, municipal e particular, além de profissionais atuantes na área do esporte. Ao todo, serão ministrados 12 minicursos, que contarão com professores renomados, além de conferência, mesa-redonda e debate.
Professores da rede estadual - Ao todo, 100 professores da rede estadual de ensino participaram do Seminário, cujas inscrições foram pagas pelo Governo de Sergipe, por meio da Seduc.
O superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, participou da abertura do Seminário, representando o governador Belivaldo Chagas. Ele destacou que a junção da educação regular com o esporte é um grande desafio e que a rede estadual atende acerca de noventa e sete por cento das pessoas com deficiência. Ele falou, ainda, sobre a importância do seminário. 
Quem também esteve presente foi a Superintendente Especial de Esporte da Seduc, Mariana Dantas, que falou sobre a participação dos professores da rede no evento.
Seminário - O seminário contou com a presença de cerca de 700 participantes de 22 estados brasileiros. Até o dia do encerramento serão ministrados 12 minicursos, além de conferências, mesas-redondas e debates. Foram inscritos 48 trabalhos, sendo que 45 foram aprovados e serão apresentados durante o evento.
O Seminário contou ainda com a presença do Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unit e presidente do Instituto de Tecnologia e Pesquisa, professor Diego Menezes; e do coordenador-geral da Academia Paralímpica Brasileira, José Fernandes Filho, que declarou que "nesses dias de seminário, Sergipe é a capital mundial do Paradesporto Escolar".

Depois de três dias de palestras, mesas redondas e debates sobre os esportes paralimpicos, foi encerrado na tarde deste sábado, o II Seminário Internacional de Esportes Paralimpicos. O Governo de Sergipe, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), participou do evento com a presença de 100 professores da rede pública estadual.
A abertura do evento aconteceu na tarde de quinta-feira, 18, no Campus Farolândia, da Universidade Tiradentes, em Aracaju e contou com a presença de centenas de profissionais das áreas de educação e saúde. O evento é promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) em parceria com a Academia Paralímpica Brasileira (APB) e se encerrará no sábado, 20.
O seminário é voltado para professores da área de Educação Física, que estão atuando em escolas das redes estadual, municipal e particular, além de profissionais atuantes na área do esporte. Ao todo, serão ministrados 12 minicursos, que contarão com professores renomados, além de conferência, mesa-redonda e debate.
Professores da rede estadual - Ao todo, 100 professores da rede estadual de ensino participaram do Seminário, cujas inscrições foram pagas pelo Governo de Sergipe, por meio da Seduc.
O superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, participou da abertura do Seminário, representando o governador Belivaldo Chagas. Ele destacou que a junção da educação regular com o esporte é um grande desafio e que a rede estadual atende acerca de noventa e sete por cento das pessoas com deficiência. Ele falou, ainda, sobre a importância do seminário. 
Quem também esteve presente foi a Superintendente Especial de Esporte da Seduc, Mariana Dantas, que falou sobre a participação dos professores da rede no evento.

Seminário - O seminário contou com a presença de cerca de 700 participantes de 22 estados brasileiros. Até o dia do encerramento serão ministrados 12 minicursos, além de conferências, mesas-redondas e debates. Foram inscritos 48 trabalhos, sendo que 45 foram aprovados e serão apresentados durante o evento.
O Seminário contou ainda com a presença do Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unit e presidente do Instituto de Tecnologia e Pesquisa, professor Diego Menezes; e do coordenador-geral da Academia Paralímpica Brasileira, José Fernandes Filho, que declarou que "nesses dias de seminário, Sergipe é a capital mundial do Paradesporto Escolar".