Acidente com ônibus deixa seis feridos em rodovia

Cidades

 

Milton Alves Júnior
Seis pessoas ficaram gravemente feridas e precisaram ser levadas para unidades hospitalares após sofrerem acidente na rodovia SE-175 (Rota do Sertão), na entrada da cidade de Ribeirópolis sentido Nossa Senhora Aparecida. O sinistro foi oficializado na tarde do último domingo, 21, quando o motorista de um ônibus que conduzia 35 pessoas acabou perdendo o controle do veículo e despencou em uma ribanceira de aproximadamente dez metros. Ciente da ocorrência, na expectativa de proteger os passageiros o condutor chegou a gritar informando o problema é pediu que todos se segurassem nas estruturas internas do ônibus.
Equipes de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhado são local indicado, e identificou que no veículo estavam jogadores e familiares da equipe de futebol do "Trevo". Elenco do município de Nossa Senhora da Glória, o qual seguia viagem com destino ao município de Frei Paulo. A partida seria disputada contra a equipe do povoado Serra Redonda, em um amistoso válido pela categoria amadora de futebol da região. O acidente ocorreu a cerca de 20 km do local do jogo. O trabalho de resgate também contou com a presença de agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv).
Os cinco passageiros que necessitaram de atendimento especializado, um apresentava fratura na região da bacia, e os demais com leões na clavícula e no braço. O Hospital de Urgência de Sergipe recebeu um dos acidentados, e quatro se dividiram entre os hospitais regionais dos municípios de Lagarto e Itabaiana. Em entrevista concedida por telefone ao JORNAL DO DIA, Jackson Lima, um dos passageiros do ônibus, informou que antes de o motorista chamar a atenção para a necessidade de se proteger, todos ouviram um barulho dando a entender problemas mecânicos.
"Foi um susto muito grande, mesmo a gente tendo percebido um pouco antes que algo de errado estava acontecendo. A gente achava que era algum problema na parte mecânica, mas nos poucos segundos não chegamos a pensar que o caso seria mais grave. Felizmente, graças a Deus, não houve morte, mas o susto foi muito grande e muitas pessoas que estavam dentro daquele ônibus ainda estão traumatizadas. Foi Deus quem evitou algo pior", disse. A BPRv não informou quando as possíveis causas do acidente devem ser reveladas. Todos os pacientes encaminhado pelo Samu aos hospitais não apresentaram complicações nas análises posteriores e também não correm risco de morte.

Milton Alves Júnior

Seis pessoas ficaram gravemente feridas e precisaram ser levadas para unidades hospitalares após sofrerem acidente na rodovia SE-175 (Rota do Sertão), na entrada da cidade de Ribeirópolis sentido Nossa Senhora Aparecida. O sinistro foi oficializado na tarde do último domingo, 21, quando o motorista de um ônibus que conduzia 35 pessoas acabou perdendo o controle do veículo e despencou em uma ribanceira de aproximadamente dez metros. Ciente da ocorrência, na expectativa de proteger os passageiros o condutor chegou a gritar informando o problema é pediu que todos se segurassem nas estruturas internas do ônibus.
Equipes de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhado são local indicado, e identificou que no veículo estavam jogadores e familiares da equipe de futebol do "Trevo". Elenco do município de Nossa Senhora da Glória, o qual seguia viagem com destino ao município de Frei Paulo. A partida seria disputada contra a equipe do povoado Serra Redonda, em um amistoso válido pela categoria amadora de futebol da região. O acidente ocorreu a cerca de 20 km do local do jogo. O trabalho de resgate também contou com a presença de agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv).
Os cinco passageiros que necessitaram de atendimento especializado, um apresentava fratura na região da bacia, e os demais com leões na clavícula e no braço. O Hospital de Urgência de Sergipe recebeu um dos acidentados, e quatro se dividiram entre os hospitais regionais dos municípios de Lagarto e Itabaiana. Em entrevista concedida por telefone ao JORNAL DO DIA, Jackson Lima, um dos passageiros do ônibus, informou que antes de o motorista chamar a atenção para a necessidade de se proteger, todos ouviram um barulho dando a entender problemas mecânicos.
"Foi um susto muito grande, mesmo a gente tendo percebido um pouco antes que algo de errado estava acontecendo. A gente achava que era algum problema na parte mecânica, mas nos poucos segundos não chegamos a pensar que o caso seria mais grave. Felizmente, graças a Deus, não houve morte, mas o susto foi muito grande e muitas pessoas que estavam dentro daquele ônibus ainda estão traumatizadas. Foi Deus quem evitou algo pior", disse. A BPRv não informou quando as possíveis causas do acidente devem ser reveladas. Todos os pacientes encaminhado pelo Samu aos hospitais não apresentaram complicações nas análises posteriores e também não correm risco de morte.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS