Governo Federal reduz de R$ 600 mil para R$ 200 mil ajuda a Riachuelo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
DEPOIS DE PROMETER LIBERAR R$ 600 MIL PARA AJUDA EMERGENCIAL AO MUNICÍPIO DE RIACHUELO, O MAIS AFETADO PELAS ENCHENTES, GOVERNO FEDERAL REDUZ AJUDA PARA R$ 200 MIL
DEPOIS DE PROMETER LIBERAR R$ 600 MIL PARA AJUDA EMERGENCIAL AO MUNICÍPIO DE RIACHUELO, O MAIS AFETADO PELAS ENCHENTES, GOVERNO FEDERAL REDUZ AJUDA PARA R$ 200 MIL

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/07/2019 às 23:29:00

 

Na quarta-feira (17), a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência em Riachuelo por causa das chuvas que superaram a média histórica e o esperado para todo o mês de julho no estado. A resolução foi publicada naquele dia no Diário Oficial da União.
Um Plano Detalhado de Resposta (PDR) foi enviado à Brasília solicitando R$ 610.963,92 mil. Ontem, através do portal brasil.gov, a Secretaria, que é ligada ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou a liberação de R$ 201,5 mil para a aquisição de cestas básicas, colchões, água potável e produtos de higiene pessoal e de limpeza.
A Prefeitura de Riachuelo, através da Secretaria Municipal de Assistência Social de Riachuelo, tem 578 famílias cadastradas para receber, diretamente, doações mais necessárias, como colchões, móveis, eletrodomésticos e material de construção. São 1.818 pessoas separadas por idoso, criança, adulto e acamado.
A secretaria estará iniciando uma ação para que os interessados em fazer novas doações possam adotar uma família a depender da sua necessidade e façam a ação diretamente na residência atingida. Para adotar uma família, as pessoas podem ligar para o número (79) 3269-2225.

Na quarta-feira (17), a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência em Riachuelo por causa das chuvas que superaram a média histórica e o esperado para todo o mês de julho no estado. A resolução foi publicada naquele dia no Diário Oficial da União.
Um Plano Detalhado de Resposta (PDR) foi enviado à Brasília solicitando R$ 610.963,92 mil. Ontem, através do portal brasil.gov, a Secretaria, que é ligada ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou a liberação de R$ 201,5 mil para a aquisição de cestas básicas, colchões, água potável e produtos de higiene pessoal e de limpeza.
A Prefeitura de Riachuelo, através da Secretaria Municipal de Assistência Social de Riachuelo, tem 578 famílias cadastradas para receber, diretamente, doações mais necessárias, como colchões, móveis, eletrodomésticos e material de construção. São 1.818 pessoas separadas por idoso, criança, adulto e acamado.
A secretaria estará iniciando uma ação para que os interessados em fazer novas doações possam adotar uma família a depender da sua necessidade e façam a ação diretamente na residência atingida. Para adotar uma família, as pessoas podem ligar para o número (79) 3269-2225.