Marcha de trabalhadores rurais acontece nesta quinta-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/07/2019 às 00:30:00

 

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo estado estarão nesta quinta-feira (25), em Aracaju, participando de mais uma edição da Marcha Estadual, organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Sergipe (MST/SE), em alusão ao Dia do Trabalhador Rural, comemorado na data. O deputado federal João Daniel (PT/SE), integrante do movimento, estará presente e destaca a importância da realização do ato, neste momento em que passa o país.
 "Realizaremos, mais uma vez, uma grande marcha em defesa do Brasil, contra este governo autoritário de Bolsonaro, na defesa da libertação do presidente Lula e da pauta de luta da classe trabalhadora, em especial da reforma agrária, de crédito e das políticas públicas para o campo brasileiro", destacou o deputado.
A concentração para a marcha acontece a partir das 8 horas, na praça Ronaldo Calumby Barreto, no conjunto Tiradentes, zona oeste de Aracaju. De lá, os trabalhadores e trabalhadoras seguem até a praça em frente ao Incra onde realizam um ato e no início da tarde retomam a caminhada pelas ruas de Aracaju, até a praça General Valadão, onde acontece um ato político, às 16 horas. Este ano, a atividade terá a presença do dirigente nacional do MST, João Paulo Rodrigues.
De acordo com a dirigente nacional do MST em Sergipe, Gislene Reis, a marcha dos trabalhadores rurais tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a importância da reforma agrária e da agricultura familiar, trazendo do campo representantes de todo estado, com suas reivindicações. "Este ano, o ato vai se afirmar pela luta pela reforma agrária, fazer a denúncia da retirada de várias políticas que atingem o homem e a mulher do campo e reafirmar o apoio do MST à democracia e à luta pela liberdade do presidente Lula, presidente que guarda a simbologia da luta pela classe trabalhadora do campo e da cidade", ressaltou Gislene Reis.

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo estado estarão nesta quinta-feira (25), em Aracaju, participando de mais uma edição da Marcha Estadual, organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Sergipe (MST/SE), em alusão ao Dia do Trabalhador Rural, comemorado na data. O deputado federal João Daniel (PT/SE), integrante do movimento, estará presente e destaca a importância da realização do ato, neste momento em que passa o país.
 "Realizaremos, mais uma vez, uma grande marcha em defesa do Brasil, contra este governo autoritário de Bolsonaro, na defesa da libertação do presidente Lula e da pauta de luta da classe trabalhadora, em especial da reforma agrária, de crédito e das políticas públicas para o campo brasileiro", destacou o deputado.
A concentração para a marcha acontece a partir das 8 horas, na praça Ronaldo Calumby Barreto, no conjunto Tiradentes, zona oeste de Aracaju. De lá, os trabalhadores e trabalhadoras seguem até a praça em frente ao Incra onde realizam um ato e no início da tarde retomam a caminhada pelas ruas de Aracaju, até a praça General Valadão, onde acontece um ato político, às 16 horas. Este ano, a atividade terá a presença do dirigente nacional do MST, João Paulo Rodrigues.
De acordo com a dirigente nacional do MST em Sergipe, Gislene Reis, a marcha dos trabalhadores rurais tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a importância da reforma agrária e da agricultura familiar, trazendo do campo representantes de todo estado, com suas reivindicações. "Este ano, o ato vai se afirmar pela luta pela reforma agrária, fazer a denúncia da retirada de várias políticas que atingem o homem e a mulher do campo e reafirmar o apoio do MST à democracia e à luta pela liberdade do presidente Lula, presidente que guarda a simbologia da luta pela classe trabalhadora do campo e da cidade", ressaltou Gislene Reis.