Prefeitura realiza fiscalização em supermercados da capital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Fiscais do Procon durante ação em supermercado da cpaital
Fiscais do Procon durante ação em supermercado da cpaital

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/07/2019 às 22:33:00

 

A Prefeitura de Aracaju atua pela garantia dos direitos dos consumidores. Deste modo, por meio do Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), da Secretaria Municipal da Defesa Social e Cidadania (Semdec), realizou, nos dias 24 e 25 de julho, mais uma fiscalização nos supermercados, da capital. Nesse período a equipe de fiscalização do órgão visitou oito estabelecimentos, dos quais três receberam autos de infração por exporem à venda produtos impróprios para o consumo, com o prazo de validade ultrapassado.
Durante a ação foi verificado o cumprimento da Lei de precificação, relacionada ao atendimento do direito básico à informação. Foram averiguados os valores dispostos para os produtos, de maneira a identificar possíveis duplicidades de preços, comparando eventuais contrastes entre valores estabelecidos nas gôndulas e o que era efetivamente registrado no sistema, no ato da compra. Além disso, para as situações em que foram verificados produtos com prazos de validade expirados, além da confecção do auto de infração, os respectivos itens foram recolhidos pela equipe.
O Fiscal do Procon Aracaju Kleyton Carneiro afirma que o foco da atuação é, primeiramente, proteger o consumidor e tratar de questões que são básicas, "como precificação, validade dos produtos, disponibilização do Código de Defesa do Consumidor (CDC), em local visível e de fácil acesso e outros aspectos", explica.
A gerente de um dos estabelecimentos visitados, Maria Soares, considera a ação de grande importância para todos. "Eu acho extremamente importante, porque nos possibilita melhorar os aspectos da empresa. É uma cobrança benéfica pra todos, tanto para empresa como para o consumidor", avaliou.

A Prefeitura de Aracaju atua pela garantia dos direitos dos consumidores. Deste modo, por meio do Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), da Secretaria Municipal da Defesa Social e Cidadania (Semdec), realizou, nos dias 24 e 25 de julho, mais uma fiscalização nos supermercados, da capital. Nesse período a equipe de fiscalização do órgão visitou oito estabelecimentos, dos quais três receberam autos de infração por exporem à venda produtos impróprios para o consumo, com o prazo de validade ultrapassado.
Durante a ação foi verificado o cumprimento da Lei de precificação, relacionada ao atendimento do direito básico à informação. Foram averiguados os valores dispostos para os produtos, de maneira a identificar possíveis duplicidades de preços, comparando eventuais contrastes entre valores estabelecidos nas gôndulas e o que era efetivamente registrado no sistema, no ato da compra. Além disso, para as situações em que foram verificados produtos com prazos de validade expirados, além da confecção do auto de infração, os respectivos itens foram recolhidos pela equipe.
O Fiscal do Procon Aracaju Kleyton Carneiro afirma que o foco da atuação é, primeiramente, proteger o consumidor e tratar de questões que são básicas, "como precificação, validade dos produtos, disponibilização do Código de Defesa do Consumidor (CDC), em local visível e de fácil acesso e outros aspectos", explica.
A gerente de um dos estabelecimentos visitados, Maria Soares, considera a ação de grande importância para todos. "Eu acho extremamente importante, porque nos possibilita melhorar os aspectos da empresa. É uma cobrança benéfica pra todos, tanto para empresa como para o consumidor", avaliou.