Sergipana representa o Brasil na Suíça

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aluna do CE Vitória de Santa Maria, Luciele Carolaine embarcou para representar o Brasil no Mundial Jovem de Paratletismo, na Suíça
Aluna do CE Vitória de Santa Maria, Luciele Carolaine embarcou para representar o Brasil no Mundial Jovem de Paratletismo, na Suíça

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/07/2019 às 15:09:00

 

Convocada Comitê Paralimpico Brasileiro (CPB), para integrar a Seleção Brasileira de Paratletismo, a paratleta Luciele Carolaine Brito Santos, embarcou na madrugada desta sexta-feira (26) para a Suíça. Ela representará o Brasil no Mundial de Jovens. A competição acontece neste final de julho e início de agosto em Nottwil, na Suíça.
Ao lado de amigos e familiares e colegas do CE Vitória de Santa Maria, Luciele não escondia a satisfação de, pela primeira vez poder representar o seu país em uma competição internacional. Luciele é atleta do arremesso de peso e detém várias marcas nacionais. Com apenas 14 anos, a superatleta tem 1,75m e pesa 95kg é aluna do Centro de Excelência Vitória de Santa Maria, localizado em Aracaju.
- Já participei de várias competições aqui o Brasil. Conquistei grandes resultados, muitas medalhas.  Mas vestir a camisa da seleção brasileira, representar o meu país em uma competição internacional é uma emoção indescritível. Espero me sair bem e conquistar várias medalhas para honrar a minha convocação e sempre ser lembrada pelo Comitê Paralimpico Brasileiro - avaliou Luciele Brito, momentos antes do embarque no Aeroporto de Aracaju.
Para o professor Antônio Ferreira, o Ferreirinha, técnico de Luciele, a atleta tem apenas um ano no paratletismo e é considerada um fenômeno. Ele admite que essa convocação é o reconhecimento do trabalho e da dedicação da atleta. "Tenho plena certeza que Luciele não vai decepcionar e vai conquistar medalhas para o Brasil, gravando seu nome no mundo do paratletismo. Trata-se ainda de um diamante bruto, que está sendo lapidado. A paratleta é resultado de uma parceria com Centro de Excelência Vitória de Santa Maria. Tão logo a professor me apresentou, já a vislumbrei na prova do arremesso do peso, pois tem o biótipo ideal e uma força descomunal", revelou Ferreirinha.
Luciele está acostumada à grandes conquistas. Uma das principais conquistas dela, foi o título de campeã brasileira do arremesso do peso nas Paralimpíadas Escolares-2018, estabelecendo a melhor marca da competição com 11.49m (3kg), bem como o recorde brasileiro do adulto, no Circuito Loterias Caixa Brasil, Etapa Norte-Nordeste 2019. 
Posteriormente, em março em João Pessoa com a marca de 10.63 (4kg) e depois em 08/06/2019 na primeira Fase Nacional do Circuito Loterias Caixa Brasil, ela bateu o próprio recorde brasileiro em São Paulo, com a marca de 10.70m (4kg). Luciele também bateu o recorde brasileiro no lançamento de disco, com a marca de 25.97m (1kg) e do arremesso de peso, com a marca de 10.60m (4kg) da Confederação Brasileira para Deficientes Intelectuais (CBDI) em maio deste ano.

Convocada Comitê Paralimpico Brasileiro (CPB), para integrar a Seleção Brasileira de Paratletismo, a paratleta Luciele Carolaine Brito Santos, embarcou na madrugada desta sexta-feira (26) para a Suíça. Ela representará o Brasil no Mundial de Jovens. A competição acontece neste final de julho e início de agosto em Nottwil, na Suíça.
Ao lado de amigos e familiares e colegas do CE Vitória de Santa Maria, Luciele não escondia a satisfação de, pela primeira vez poder representar o seu país em uma competição internacional. Luciele é atleta do arremesso de peso e detém várias marcas nacionais. Com apenas 14 anos, a superatleta tem 1,75m e pesa 95kg é aluna do Centro de Excelência Vitória de Santa Maria, localizado em Aracaju.
- Já participei de várias competições aqui o Brasil. Conquistei grandes resultados, muitas medalhas.  Mas vestir a camisa da seleção brasileira, representar o meu país em uma competição internacional é uma emoção indescritível. Espero me sair bem e conquistar várias medalhas para honrar a minha convocação e sempre ser lembrada pelo Comitê Paralimpico Brasileiro - avaliou Luciele Brito, momentos antes do embarque no Aeroporto de Aracaju.
Para o professor Antônio Ferreira, o Ferreirinha, técnico de Luciele, a atleta tem apenas um ano no paratletismo e é considerada um fenômeno. Ele admite que essa convocação é o reconhecimento do trabalho e da dedicação da atleta. "Tenho plena certeza que Luciele não vai decepcionar e vai conquistar medalhas para o Brasil, gravando seu nome no mundo do paratletismo. Trata-se ainda de um diamante bruto, que está sendo lapidado. A paratleta é resultado de uma parceria com Centro de Excelência Vitória de Santa Maria. Tão logo a professor me apresentou, já a vislumbrei na prova do arremesso do peso, pois tem o biótipo ideal e uma força descomunal", revelou Ferreirinha.
Luciele está acostumada à grandes conquistas. Uma das principais conquistas dela, foi o título de campeã brasileira do arremesso do peso nas Paralimpíadas Escolares-2018, estabelecendo a melhor marca da competição com 11.49m (3kg), bem como o recorde brasileiro do adulto, no Circuito Loterias Caixa Brasil, Etapa Norte-Nordeste 2019. 
Posteriormente, em março em João Pessoa com a marca de 10.63 (4kg) e depois em 08/06/2019 na primeira Fase Nacional do Circuito Loterias Caixa Brasil, ela bateu o próprio recorde brasileiro em São Paulo, com a marca de 10.70m (4kg). Luciele também bateu o recorde brasileiro no lançamento de disco, com a marca de 25.97m (1kg) e do arremesso de peso, com a marca de 10.60m (4kg) da Confederação Brasileira para Deficientes Intelectuais (CBDI) em maio deste ano.