Medidas de segurança para domingo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Representantes dos órgãos de segurança, MPE, Superintendência de Esporte e do Confiança reunidos para definir um plano de segurança para domingo na Arena Batistão
Representantes dos órgãos de segurança, MPE, Superintendência de Esporte e do Confiança reunidos para definir um plano de segurança para domingo na Arena Batistão

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/08/2019 às 23:27:00

 

Representantes dos di
versos órgãos de segu
rança, envolvidos na partida deste domingo entre Confiança e América, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (8), na sede da Federação Sergipana de Futebol (FSF), para definir um Plano de Segurança efetivo, para garantir a tranquilidade do torcedor antes, durante e depois da partida entre Confiança e Santa Cruz. A grande preocupação dos participantes da reunião foi evitar o fluxo e o confronto das duas torcidas.
 A torcida do Santa Cruz, especialmente a " Inferno Coral", tem histórico de violência não só em Recife, mas também nos jogos fora do estado. Tanto que na partida contra o ABC em Natal, a torcida do Santa Cruz foi proibida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte a ter acesso ao Frasqueirão. Esse fato inclusive foi comentado na reunião de ontem na FSF, porque a torcida do Santa Cruz já solicitou o percentual de ingressos que tem direito por lei. 
- Assim, já reservamos os 1,5 mil ingressos que o torcedor adversário terá direito por lei. Posso adiantar também que hoje, quinta-feira, às 12 horas já foram vendidos exatamente 7.635 ingressos. A expectativa ´[e de carga total de ingressos nessa partida. As bilheterias das cadeiras brancas serão abertas no domingo ás 9h30 e as demais às 13h00 - adiantou Paulo Suzart, representante do Confiança a reunião.
O Coronel Eduardo Brandão, Comandante do Batalhão de Turismo da Policia Militar e o Capitão Eron, foram os representantes da PM e os que demonstravam mais preocupação com a segurança. O Cel. Brandão por exemplo, o apresentou um plano de acesso dos torcedores das duas equipes ao estádio. Ficou definido que a torcida do Santa Cruz, terá acesso somente pelo portão principal da Arena Batistão, localizado na Rua Dom José Thomás. Essa torcida ficará localizada no local ocupado pela torcida do Sergipe.  Sendo assim as ruas laterais da arena, a Vila Cristina e Campo Brito serão as vias de acesso do torcedor do Confiança. Dessa forma, entende-se que está se evitando completamente o contato dos torcedores das duas equipes.   
Ficou definido que a imprensa terá acesso pela Rua Moacir Rabelo Leite, com a apresentação da credencial, ou seja, da carteirinha da ACDS ou ABRACE.
A abertura de todos os portões acontece duas horas antes do jogo, às 16:00 horas. Independente de qualquer resultado, da Partida, a primeira torcida a ser liberada para a saída será a do Santa Cruz. A polícia estará dentro e fora do Batistão, com um contingente aproximado de 150 policiais, enquanto a segurança privada vai trabalhar com 60 homens.
Segundo o Cel. Brandão, será reforçado o policiamento nos terminais da Atalaia, Centro e Dia e principalmente nos pontos de ônibus da Praia Treze de Julho. 
O Ministério Público Estadual (MPE) esteve representado pelo Promotor Deijaniro Jonas, representando o Grupo de Prevenção e Contra a Violência nos estádios de futebol. O promotor considerou a reunião muito proveitosa e oportuna.
- Reunião muito proveitosa. Sentimos o interesse de todos os segmentos aqui representados, de fazer o possível, para dar tranquilidade aos torcedores, para que ele possa ver o espetáculo sem riscos a sua integridade física. Espero que tenhamos um evento harmônico e a disputa fique restrita às quatro linhas do gramado. Há essa preocupação de se implementar um plano de segurança, o que achamos por demais valiosa. Todo evento de grande porte deve ser objetivo de preocupação e objeto de planejamento, por parte daqueles que fazem parte do futebol sergipano- disse o promotor Deijaniro Jonas.
Participaram da reunião além do presidente da FSF, Milton Dantas, o Promotor   Dr. Deijaniro Jonas, Orliandes Barros, da FSF, Coronel Brandão e Capitão Eron da PM, da Segurança Privada Cel. Magno Silvestre, representante do Confiança, Paulo Suzart e Sidrack Marinho, representando a Superintendência de Esporte.

Representantes dos di versos órgãos de segu rança, envolvidos na partida deste domingo entre Confiança e América, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (8), na sede da Federação Sergipana de Futebol (FSF), para definir um Plano de Segurança efetivo, para garantir a tranquilidade do torcedor antes, durante e depois da partida entre Confiança e Santa Cruz. A grande preocupação dos participantes da reunião foi evitar o fluxo e o confronto das duas torcidas.
 A torcida do Santa Cruz, especialmente a " Inferno Coral", tem histórico de violência não só em Recife, mas também nos jogos fora do estado. Tanto que na partida contra o ABC em Natal, a torcida do Santa Cruz foi proibida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte a ter acesso ao Frasqueirão. Esse fato inclusive foi comentado na reunião de ontem na FSF, porque a torcida do Santa Cruz já solicitou o percentual de ingressos que tem direito por lei. 
- Assim, já reservamos os 1,5 mil ingressos que o torcedor adversário terá direito por lei. Posso adiantar também que hoje, quinta-feira, às 12 horas já foram vendidos exatamente 7.635 ingressos. A expectativa ´[e de carga total de ingressos nessa partida. As bilheterias das cadeiras brancas serão abertas no domingo ás 9h30 e as demais às 13h00 - adiantou Paulo Suzart, representante do Confiança a reunião.
O Coronel Eduardo Brandão, Comandante do Batalhão de Turismo da Policia Militar e o Capitão Eron, foram os representantes da PM e os que demonstravam mais preocupação com a segurança. O Cel. Brandão por exemplo, o apresentou um plano de acesso dos torcedores das duas equipes ao estádio. Ficou definido que a torcida do Santa Cruz, terá acesso somente pelo portão principal da Arena Batistão, localizado na Rua Dom José Thomás. Essa torcida ficará localizada no local ocupado pela torcida do Sergipe.  Sendo assim as ruas laterais da arena, a Vila Cristina e Campo Brito serão as vias de acesso do torcedor do Confiança. Dessa forma, entende-se que está se evitando completamente o contato dos torcedores das duas equipes.   
Ficou definido que a imprensa terá acesso pela Rua Moacir Rabelo Leite, com a apresentação da credencial, ou seja, da carteirinha da ACDS ou ABRACE.
A abertura de todos os portões acontece duas horas antes do jogo, às 16:00 horas. Independente de qualquer resultado, da Partida, a primeira torcida a ser liberada para a saída será a do Santa Cruz. A polícia estará dentro e fora do Batistão, com um contingente aproximado de 150 policiais, enquanto a segurança privada vai trabalhar com 60 homens.
Segundo o Cel. Brandão, será reforçado o policiamento nos terminais da Atalaia, Centro e Dia e principalmente nos pontos de ônibus da Praia Treze de Julho. 
O Ministério Público Estadual (MPE) esteve representado pelo Promotor Deijaniro Jonas, representando o Grupo de Prevenção e Contra a Violência nos estádios de futebol. O promotor considerou a reunião muito proveitosa e oportuna.
- Reunião muito proveitosa. Sentimos o interesse de todos os segmentos aqui representados, de fazer o possível, para dar tranquilidade aos torcedores, para que ele possa ver o espetáculo sem riscos a sua integridade física. Espero que tenhamos um evento harmônico e a disputa fique restrita às quatro linhas do gramado. Há essa preocupação de se implementar um plano de segurança, o que achamos por demais valiosa. Todo evento de grande porte deve ser objetivo de preocupação e objeto de planejamento, por parte daqueles que fazem parte do futebol sergipano- disse o promotor Deijaniro Jonas.
Participaram da reunião além do presidente da FSF, Milton Dantas, o Promotor   Dr. Deijaniro Jonas, Orliandes Barros, da FSF, Coronel Brandão e Capitão Eron da PM, da Segurança Privada Cel. Magno Silvestre, representante do Confiança, Paulo Suzart e Sidrack Marinho, representando a Superintendência de Esporte.