Polícia prende sete por furtos de combustível

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
TANQUES DE COMBUSTÍVEL FORAM APREENDIDOS
TANQUES DE COMBUSTÍVEL FORAM APREENDIDOS

Dinheiro, arma e objetos apreendidos com os suspeitos
Dinheiro, arma e objetos apreendidos com os suspeitos

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/08/2019 às 23:47:00

 

Gabriel Damásio
A Polícia Civil defla-
grou ontem a 'Ope-
ração Abastecimento Final', que investiga um esquema de furto e comércio clandestino de combustíveis na região de Malhada dos Bois (Baixo São Francisco). As investigações resultaram no cumprimento de sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Na operação, foram apreendidas três armas de fogo, sendo uma pistola e dois revólveres; além de dinheiro e vários galões com combustíveis que foram encontrados no povoado Espinheira, na cidade de Japoatã. Outras cargas e porções de combustível furtado também foram encontradas. As buscas aconteceram nas cidades de Laranjeiras, Capela, Malhada dos Bois, São Francisco, Propriá, Pacatuba e Japoatã.
Segundo a delegada Maria Zulnária Soares, responsável pela investigação, o objetivo da "Abastecimento Final" foi identificar pessoas responsáveis pelos furtos, que causaram prejuízos às empresas distribuidoras, aos postos de combustíveis, aos consumidores e contribuintes. "A operação é resultado de uma investigação que foi iniciada há quatro meses, onde a Delegacia de Malhada dos Bois, juntamente com a Divisão de Inteligência [Dipol], iniciaram a apuração de denúncias anônimas e começaram a identificar pessoas envolvidas no furto de combustíveis que era praticado nessa região. Conseguimos identificar alguns alvos e foram representadas as prisões preventivas deles", disse ela.
Durante o cumprimento das ordens de prisão, cinco prisões em flagrante foram registradas, sendo três por porte ilegal de arma e duas por venda ilegal de combustíveis. Os presos foram identificados como Joaquim Santana Alves Araújo, João Vieira Dantas, Joselito Silva de Almeida Santos, Gileno Bomfim Santos, Janisson Rabelo Cardoso ('Galego'), Luiz Carlos Silva Santos ('Chica') e Luiz Carlos Silva Santos Júnior ('Julico'). Os presos serão indiciados por furto qualificado, crime contra a ordem econômica e associação criminosa.  
A operação continuou ao longo da tarde, a fim de cumprir outros mandados de busca e para localizar mais combustíveis furtados. A operação teve a participação de policiais civis da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) e Coordenadoria das Delegacias do Interior (Copci). Outros detalhes da 'Abastecimento Final' serão informados hoje, às 8h30, em entrevista coletiva na Secretaria da Segurança Pública (SSP). 

Gabriel Damásio

A Polícia Civil defla- grou ontem a 'Ope- ração Abastecimento Final', que investiga um esquema de furto e comércio clandestino de combustíveis na região de Malhada dos Bois (Baixo São Francisco). As investigações resultaram no cumprimento de sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Na operação, foram apreendidas três armas de fogo, sendo uma pistola e dois revólveres; além de dinheiro e vários galões com combustíveis que foram encontrados no povoado Espinheira, na cidade de Japoatã. Outras cargas e porções de combustível furtado também foram encontradas. As buscas aconteceram nas cidades de Laranjeiras, Capela, Malhada dos Bois, São Francisco, Propriá, Pacatuba e Japoatã.
Segundo a delegada Maria Zulnária Soares, responsável pela investigação, o objetivo da "Abastecimento Final" foi identificar pessoas responsáveis pelos furtos, que causaram prejuízos às empresas distribuidoras, aos postos de combustíveis, aos consumidores e contribuintes. "A operação é resultado de uma investigação que foi iniciada há quatro meses, onde a Delegacia de Malhada dos Bois, juntamente com a Divisão de Inteligência [Dipol], iniciaram a apuração de denúncias anônimas e começaram a identificar pessoas envolvidas no furto de combustíveis que era praticado nessa região. Conseguimos identificar alguns alvos e foram representadas as prisões preventivas deles", disse ela.
Durante o cumprimento das ordens de prisão, cinco prisões em flagrante foram registradas, sendo três por porte ilegal de arma e duas por venda ilegal de combustíveis. Os presos foram identificados como Joaquim Santana Alves Araújo, João Vieira Dantas, Joselito Silva de Almeida Santos, Gileno Bomfim Santos, Janisson Rabelo Cardoso ('Galego'), Luiz Carlos Silva Santos ('Chica') e Luiz Carlos Silva Santos Júnior ('Julico'). Os presos serão indiciados por furto qualificado, crime contra a ordem econômica e associação criminosa.  
A operação continuou ao longo da tarde, a fim de cumprir outros mandados de busca e para localizar mais combustíveis furtados. A operação teve a participação de policiais civis da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) e Coordenadoria das Delegacias do Interior (Copci). Outros detalhes da 'Abastecimento Final' serão informados hoje, às 8h30, em entrevista coletiva na Secretaria da Segurança Pública (SSP).