Deputado recebe demandas da carcinicultura de Sergipe e será homenageado na Feira Nacional do Camarão

Nacional

 

O deputado federal Laércio Oliveira é o primeiro secretário da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado e sempre atento aos assuntos relacionados ao setor de pescado tem recebido várias demandas de associações e pequenos criadores de camarão. Na última semana o parlamentar recebeu o presidente da Associação dos Criadores de Camarão do Estado de Sergipe (Aces), Lee Fei (Felix), o vice-presidente Wellington Coutinho e Teresio Manuel.
O presidente da Aces explicou ao deputado sobre a preocupação do setor em relação ao benefício fiscal do ICMS e a importação do camarão. "O deputado mais uma vez demonstrou o total apoio ao setor de carcinicultura. Fizemos alguns pleitos como a ajuda para que tenhamos a inserção do ICMS, um benefício fiscal que o estado de Sergipe é o único do Nordeste que não tem o benefício fiscal específico para carcinicultura e a habilitação do estado em uma ação popular que existe vetando a importação de camarão. O Brasil é o país que menos tem doença do camarão e essa ação é dirigida ao Equador que tem oito doenças a mais do que o Brasil e está sendo importado trazendo doença para o Brasil sem nenhum critério, bastando eles certificarem dizendo quem não tem doença. Isso não atesta nada. Além de termos um risco para a saúde dos brasileiros", explicou Felix.
O parlamentar ouviu as demandas e ficou de verificar a situação da importação e exportação de camarão na Frente Parlamentar em Defesa do Pescado. Para as outras demandas, vai solicitar uma audiência com a equipe técnica do governo, que trata desses assuntos, para ver o que é possível fazer para ajudar o setor que vem crescendo bastante em Sergipe. 
Laércio visitou a região de Brejo Grande para conhecer de perto a produção de camarão e viu como está desenvolvida a região que antes era tradição na rizicultura. "Na visita que fizemos ficou claro que é o setor que está crescendo muito e trazendo desenvolvimento da atividade que vai gerar emprego e renda para essa região do baixo São Francisco com essa cadeia produtiva. Agora vamos ver o andamento dessas novas demandas e ajudar no que for possível", citou.
O presidente da Aces aproveitamos a oportunidade para convidar o deputado para participar da Feira Nacional do Camarão realizada em Natal (RN). "O deputado será homenageado e a presença dele é fundamental. Ele tem um papel importante na construção do desenvolvimento dessa cadeia produtiva para o nosso estado", complementou Felix
O deputado agradeceu ao convite e a homenagem. "A Fecomércio vai lançar a Câmara de Pesca e Aquicultura, e vocês vão fazer parte dela. O superintendente Maurício Gonçalves já está nas tratativas e em breve queremos ver a carcinicultura e a pesca tendo um papel importante na fomentação e no desenvolvimento técnico e prático do setor", acrescentou Laércio, que também é presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac.

O deputado federal Laércio Oliveira é o primeiro secretário da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado e sempre atento aos assuntos relacionados ao setor de pescado tem recebido várias demandas de associações e pequenos criadores de camarão. Na última semana o parlamentar recebeu o presidente da Associação dos Criadores de Camarão do Estado de Sergipe (Aces), Lee Fei (Felix), o vice-presidente Wellington Coutinho e Teresio Manuel.
O presidente da Aces explicou ao deputado sobre a preocupação do setor em relação ao benefício fiscal do ICMS e a importação do camarão. "O deputado mais uma vez demonstrou o total apoio ao setor de carcinicultura. Fizemos alguns pleitos como a ajuda para que tenhamos a inserção do ICMS, um benefício fiscal que o estado de Sergipe é o único do Nordeste que não tem o benefício fiscal específico para carcinicultura e a habilitação do estado em uma ação popular que existe vetando a importação de camarão. O Brasil é o país que menos tem doença do camarão e essa ação é dirigida ao Equador que tem oito doenças a mais do que o Brasil e está sendo importado trazendo doença para o Brasil sem nenhum critério, bastando eles certificarem dizendo quem não tem doença. Isso não atesta nada. Além de termos um risco para a saúde dos brasileiros", explicou Felix.
O parlamentar ouviu as demandas e ficou de verificar a situação da importação e exportação de camarão na Frente Parlamentar em Defesa do Pescado. Para as outras demandas, vai solicitar uma audiência com a equipe técnica do governo, que trata desses assuntos, para ver o que é possível fazer para ajudar o setor que vem crescendo bastante em Sergipe. 
Laércio visitou a região de Brejo Grande para conhecer de perto a produção de camarão e viu como está desenvolvida a região que antes era tradição na rizicultura. "Na visita que fizemos ficou claro que é o setor que está crescendo muito e trazendo desenvolvimento da atividade que vai gerar emprego e renda para essa região do baixo São Francisco com essa cadeia produtiva. Agora vamos ver o andamento dessas novas demandas e ajudar no que for possível", citou.
O presidente da Aces aproveitamos a oportunidade para convidar o deputado para participar da Feira Nacional do Camarão realizada em Natal (RN). "O deputado será homenageado e a presença dele é fundamental. Ele tem um papel importante na construção do desenvolvimento dessa cadeia produtiva para o nosso estado", complementou Felix
O deputado agradeceu ao convite e a homenagem. "A Fecomércio vai lançar a Câmara de Pesca e Aquicultura, e vocês vão fazer parte dela. O superintendente Maurício Gonçalves já está nas tratativas e em breve queremos ver a carcinicultura e a pesca tendo um papel importante na fomentação e no desenvolvimento técnico e prático do setor", acrescentou Laércio, que também é presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac.


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS