Grande procura esgota inscrições de cursos para mulheres no Espaço Cuidar do Bugio

Cidades

 

As inscrições para os cursos exclusivos para mulheres foram preenchidas nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (13), no Espaço Cuidar do Bugio. Ofertadas pelo Núcleo de Apoio ao Trabalho da Secretaria de Estado da Inclusão Social (NAT/Seit), em parceria com o Instituto Aprecia, as 80 vagas disponibilizadas foram distribuídas entre cursos de Empreendedorismo, Auxiliar Administrativo e Recepcionista. A aula inaugural das capacitações será realizada nesta quinta-feira (15), às 09h30, também no Espaço Cuidar.
O curso mais procurado pelas mulheres foi o de Recepcionista. Para Josineide Santos Silva, moradora das adjacências do Bugio, esta será uma oportunidade de reinserção no mercado de trabalho. "Eu vim me inscrever porque estou desempregada e gostaria de conseguir uma vaga de emprego nesta área. Eu adoro atendimento ao público. Acho importante essa ação específica para nós, mulheres, pois em alguns locais somos discriminadas simplesmente por sermos mulheres", disse.
De acordo com o coordenador do NAT, Gilton Andrade, serão abertas outras 360 vagas para novos cursos. "Neste momento, estamos lançando 80 vagas. Nos próximos meses encaminharemos mais demandas, inclusive com inclusão de outras parcerias. O projeto completo prevê 440 vagas de cursos, que serão distribuídas nas localidades Santos Dumont, Santa Maria, 17 de Março, Orlando Dantas, e NAT Matriz", afirma.

As inscrições para os cursos exclusivos para mulheres foram preenchidas nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (13), no Espaço Cuidar do Bugio. Ofertadas pelo Núcleo de Apoio ao Trabalho da Secretaria de Estado da Inclusão Social (NAT/Seit), em parceria com o Instituto Aprecia, as 80 vagas disponibilizadas foram distribuídas entre cursos de Empreendedorismo, Auxiliar Administrativo e Recepcionista. A aula inaugural das capacitações será realizada nesta quinta-feira (15), às 09h30, também no Espaço Cuidar.
O curso mais procurado pelas mulheres foi o de Recepcionista. Para Josineide Santos Silva, moradora das adjacências do Bugio, esta será uma oportunidade de reinserção no mercado de trabalho. "Eu vim me inscrever porque estou desempregada e gostaria de conseguir uma vaga de emprego nesta área. Eu adoro atendimento ao público. Acho importante essa ação específica para nós, mulheres, pois em alguns locais somos discriminadas simplesmente por sermos mulheres", disse.
De acordo com o coordenador do NAT, Gilton Andrade, serão abertas outras 360 vagas para novos cursos. "Neste momento, estamos lançando 80 vagas. Nos próximos meses encaminharemos mais demandas, inclusive com inclusão de outras parcerias. O projeto completo prevê 440 vagas de cursos, que serão distribuídas nas localidades Santos Dumont, Santa Maria, 17 de Março, Orlando Dantas, e NAT Matriz", afirma.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS