Sergipano é campeão e artilheiro da Série D

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/08/2019 às 05:34:00

 

Com poucas oportunidades no futebol sergipano, defendendo equipes de médio porte e sem se afirmar como titular nas poucas chances que teve no Sergipe, o atacante Júnior Pirambu resolveu mudar de ares e foi tentar a sorte bem distante. 
Em Santa Catarina, defendendo o Brusque, Pirambu não só foi campeão da Série D, colocou a equipe catarinense na Série C, como foi artilheiro da competição com dez gols assinalados. 
Natural de Aracaju, o atacante Aldevan Santos Nascimento Júnior, de 25 anos, revelado pelo Sergipe, sagrou-se campeão brasileiro da Série D, no último domingo (18), pela equipe do Brusque-SC. Júnior Pirambu, como é conhecido, balançou a malha dez vezes durante a competição nacional.
Na temporada, o atacante sergipano foi muito importante para garantir o clube catarinense na busca pela inédita conquista. Durante a fase grupos da competição, Júnior Pirambu, marcou quatro vezes. Contra o Foz do Iguaçu (2x), Gaúcho-RS e Boa Vista-RJ. Na segunda fase, no jogo de volta, fez mais um contra o Hercílio Luz-SC. Nas oitavas de final, marcou outro contra o Boa Vista-RJ, levando à classificação.
O clube catarinense se classificou e nas quartas de final enfrentou o Juazeirense-BA. Mais uma vez surge a estrela do "matador", fazendo mais dois na vitória por 4 a 0. Nas semifinais, não marcou nenhum diante o Ituano-SP, que ficou para trás. Perdeu para o clube paulista no primeiro jogo, jogando fora de seu domínio e devolveu o mesmo placar, 2 a 0, na partida de volta, vencendo nos pênaltis.
Na grande final da competição surge a estrela do menino que foi garimpado pelo ex-atacante Pedro Costa, em Pirambu, para a base do Sergipe, em 2013, mas, que, não foi aproveitado nos anos seguintes, chegando a jogar, sem ser utilizado na temporada seguinte. 
Júnior Pirambu marcou nos dois jogos da decisão da Série D Brasileira, contra a equipe do Manaus-AM. Foi 2 a 2, cá e lá, indo a decisão para os pênaltis e conquistando o título e artilharia da competição com dez gols assinalados.
O atacante não esquece o apoio técnico Pedro Costa e nas entrevistas faz questão de agradecer tudo que o Pedroca fez pelo jogador. "Foi um pai para mim. Tenho muito que agradecer ao Pedro Costa. Mas não foi só elogios não. Nas horas necessárias ele pegava no meu pé. Gritava. Mas não me arrependo de nada disso. Obrigado Pedro Costa", diz o artilheiro, em um vídeo que circulou nesta segunda-feira nas redes sociais. 

Com poucas oportunidades no futebol sergipano, defendendo equipes de médio porte e sem se afirmar como titular nas poucas chances que teve no Sergipe, o atacante Júnior Pirambu resolveu mudar de ares e foi tentar a sorte bem distante. 
Em Santa Catarina, defendendo o Brusque, Pirambu não só foi campeão da Série D, colocou a equipe catarinense na Série C, como foi artilheiro da competição com dez gols assinalados. 
Natural de Aracaju, o atacante Aldevan Santos Nascimento Júnior, de 25 anos, revelado pelo Sergipe, sagrou-se campeão brasileiro da Série D, no último domingo (18), pela equipe do Brusque-SC. Júnior Pirambu, como é conhecido, balançou a malha dez vezes durante a competição nacional.
Na temporada, o atacante sergipano foi muito importante para garantir o clube catarinense na busca pela inédita conquista. Durante a fase grupos da competição, Júnior Pirambu, marcou quatro vezes. Contra o Foz do Iguaçu (2x), Gaúcho-RS e Boa Vista-RJ. Na segunda fase, no jogo de volta, fez mais um contra o Hercílio Luz-SC. Nas oitavas de final, marcou outro contra o Boa Vista-RJ, levando à classificação.
O clube catarinense se classificou e nas quartas de final enfrentou o Juazeirense-BA. Mais uma vez surge a estrela do "matador", fazendo mais dois na vitória por 4 a 0. Nas semifinais, não marcou nenhum diante o Ituano-SP, que ficou para trás. Perdeu para o clube paulista no primeiro jogo, jogando fora de seu domínio e devolveu o mesmo placar, 2 a 0, na partida de volta, vencendo nos pênaltis.
Na grande final da competição surge a estrela do menino que foi garimpado pelo ex-atacante Pedro Costa, em Pirambu, para a base do Sergipe, em 2013, mas, que, não foi aproveitado nos anos seguintes, chegando a jogar, sem ser utilizado na temporada seguinte. 
Júnior Pirambu marcou nos dois jogos da decisão da Série D Brasileira, contra a equipe do Manaus-AM. Foi 2 a 2, cá e lá, indo a decisão para os pênaltis e conquistando o título e artilharia da competição com dez gols assinalados.
O atacante não esquece o apoio técnico Pedro Costa e nas entrevistas faz questão de agradecer tudo que o Pedroca fez pelo jogador. "Foi um pai para mim. Tenho muito que agradecer ao Pedro Costa. Mas não foi só elogios não. Nas horas necessárias ele pegava no meu pé. Gritava. Mas não me arrependo de nada disso. Obrigado Pedro Costa", diz o artilheiro, em um vídeo que circulou nesta segunda-feira nas redes sociais.