Confiança perde e adia classificação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Confiança mais uma vez deixou escapar a oportunidade de classificação
O Confiança mais uma vez deixou escapar a oportunidade de classificação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/08/2019 às 05:37:00

 

Ainda resta uma espe-
rança. O Confiança só 
depende de seu resultado para garantir a classificação à próxima fase do Brasileiro da Série C. uma vitória contra o Ferroviário-CE na última rodada, marcada para sábado, às 17 horas em Fortaleza garante a classificação da equipe sergipano. Ainda bem que só depende dos seus resultados. Uma vitória e a fatura estará liquidada.
Mas o Confiança deu mole. Teve duas oportunidades em casa de garantir essa classificação e não conseguiu. Empatou com o Santa Cruz em 1x1 e no último domingo com estádio quase cheio, um grande número de torcedores perdeu para o Treze de Campina Grande por 1x0 e complicou a classificação. Mas nem tudo está perdido. 
Lamento - O treinador Daniel Paulista lamentou a derrota para o Treze, um resultado que não estava nos planos dos proletários. A verdade é que o gol contra de Thalyson aos 33 minutos do segundo tempo calou o Batistão. O gol abalou a equipe dentro de campo e torcida nas arquibancadas. Mas passo o momento de tristeza a torcida reagiu, gritou, pulou, incentivou, mas o gol não saiu. Os jogadores deixaram o campo decepcionados e a torcida (mais de 12 mil torcedores) que antes do jogo já comemorava a classificação deixou o campo traumatizada.       
Depois do jogo Daniel Paulista analisou a atuação da sua equipe. Ele disse que viu um time apático, pouco produtivo, mas disse também que o Confiança é grande e tem futebol para vencer o Ferroviário na casa do adversário. Mas admite também, que agora a classificação ficou muito mais difícil.
- O resultado foi o reflexo do que foi o jogo. A equipe não se encontrou. Não fez um bom jogo, tanto no primeiro quanto no segundo. Perdemos nossa característica.  Nosso time aceitou facilmente a marcação do adversário. Em momento nenhum foi superior. Acho que esse foi o jogo em que criamos menos oportunidades durante toda a Série C.  Mas vamos para a última rodada dependendo única e exclusivamente de nossas forças - avaliou Daniel Paulista.
Os trabalhos para a partida contra o Ferroviário começam nesta terça-feira no Sabino Ribeiro com a reapresentação do elenco. Treina até a quinta-feira, quando embarca para Fortaleza. O Confiança vai enfrentar o Ferroviário, no sábado (24), às 17 horas, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O Ferroviário ocupa a sexta colocação com 24 pontos e também está na briga pela classificação.

Ainda resta uma espe- rança. O Confiança só  depende de seu resultado para garantir a classificação à próxima fase do Brasileiro da Série C. uma vitória contra o Ferroviário-CE na última rodada, marcada para sábado, às 17 horas em Fortaleza garante a classificação da equipe sergipano. Ainda bem que só depende dos seus resultados. Uma vitória e a fatura estará liquidada.
Mas o Confiança deu mole. Teve duas oportunidades em casa de garantir essa classificação e não conseguiu. Empatou com o Santa Cruz em 1x1 e no último domingo com estádio quase cheio, um grande número de torcedores perdeu para o Treze de Campina Grande por 1x0 e complicou a classificação. Mas nem tudo está perdido. 
Lamento - O treinador Daniel Paulista lamentou a derrota para o Treze, um resultado que não estava nos planos dos proletários. A verdade é que o gol contra de Thalyson aos 33 minutos do segundo tempo calou o Batistão. O gol abalou a equipe dentro de campo e torcida nas arquibancadas. Mas passo o momento de tristeza a torcida reagiu, gritou, pulou, incentivou, mas o gol não saiu. Os jogadores deixaram o campo decepcionados e a torcida (mais de 12 mil torcedores) que antes do jogo já comemorava a classificação deixou o campo traumatizada.       
Depois do jogo Daniel Paulista analisou a atuação da sua equipe. Ele disse que viu um time apático, pouco produtivo, mas disse também que o Confiança é grande e tem futebol para vencer o Ferroviário na casa do adversário. Mas admite também, que agora a classificação ficou muito mais difícil.
- O resultado foi o reflexo do que foi o jogo. A equipe não se encontrou. Não fez um bom jogo, tanto no primeiro quanto no segundo. Perdemos nossa característica.  Nosso time aceitou facilmente a marcação do adversário. Em momento nenhum foi superior. Acho que esse foi o jogo em que criamos menos oportunidades durante toda a Série C.  Mas vamos para a última rodada dependendo única e exclusivamente de nossas forças - avaliou Daniel Paulista.
Os trabalhos para a partida contra o Ferroviário começam nesta terça-feira no Sabino Ribeiro com a reapresentação do elenco. Treina até a quinta-feira, quando embarca para Fortaleza. O Confiança vai enfrentar o Ferroviário, no sábado (24), às 17 horas, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O Ferroviário ocupa a sexta colocação com 24 pontos e também está na briga pela classificação.