DHPP prende dois suspeitos de homicídios na Grande Aracaju

Geral

 

Dois mandados de prisão foram cumpridos na manhã de ontem por policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Na primeira diligência, equipes da 4° Divisão da unidade prenderam Jailson Augusto Soares da Conceição Silva, o 'Vô', no Loteamento Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju). O suspeito estava com o mandado de prisão expedido pela 5° Vara Criminal de Aracaju. 
Segundo informações da polícia, por volta de 13h do dia 20 de agosto de 2018, Jailson se dirigiu até a Praça da Liberdade, no bairro América (zona oeste), com o intuito de matar a vítima conhecida como 'Jegue Lerdo'. O delegado Antônio Sérgio Araújo Pinto informou que, "ao chegar ao local não encontrou o rapaz, vindo a discutir com o indivíduo conhecido por Nilton Afonso Alves de Sales, matando-o logo após um desentendimento banal", explicou.
O segundo a ser preso foi Jamisson dos Santos Aranha, detido em São Cristóvão (Grande Aracaju) por policiais da 5ª Divisão do DHPP. Segundo a polícia, ele é apontado como responsável pela morte de Wisly Silva Santos, baleado em 2015 no Parque Santa Rita, em São Cristóvão. Durante a prisão os agentes encontraram dentro da residência de Jamisson uma escopeta caseira calibre 12, além de uma munição do mesmo calibre.

Dois mandados de prisão foram cumpridos na manhã de ontem por policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Na primeira diligência, equipes da 4° Divisão da unidade prenderam Jailson Augusto Soares da Conceição Silva, o 'Vô', no Loteamento Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju). O suspeito estava com o mandado de prisão expedido pela 5° Vara Criminal de Aracaju. 
Segundo informações da polícia, por volta de 13h do dia 20 de agosto de 2018, Jailson se dirigiu até a Praça da Liberdade, no bairro América (zona oeste), com o intuito de matar a vítima conhecida como 'Jegue Lerdo'. O delegado Antônio Sérgio Araújo Pinto informou que, "ao chegar ao local não encontrou o rapaz, vindo a discutir com o indivíduo conhecido por Nilton Afonso Alves de Sales, matando-o logo após um desentendimento banal", explicou.
O segundo a ser preso foi Jamisson dos Santos Aranha, detido em São Cristóvão (Grande Aracaju) por policiais da 5ª Divisão do DHPP. Segundo a polícia, ele é apontado como responsável pela morte de Wisly Silva Santos, baleado em 2015 no Parque Santa Rita, em São Cristóvão. Durante a prisão os agentes encontraram dentro da residência de Jamisson uma escopeta caseira calibre 12, além de uma munição do mesmo calibre.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS