Duda e mais 15 atletas ganham Bolsa Atleta

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A Prefeitura Municipal de São Cristóvão concedeu 16 bolsas a atletas de primeiro nível. Entre esses atletas o fenômeno Duda Lisboa
A Prefeitura Municipal de São Cristóvão concedeu 16 bolsas a atletas de primeiro nível. Entre esses atletas o fenômeno Duda Lisboa

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/08/2019 às 22:51:00

 

A superatleta do vôlei de praia destaque do Circuito Mundial ao lado da parceira Ágatha Bednarczuk e líder da corrida pela vaga Olímpica, pegou uma folga no Circuito Mundial e veio a São Cristóvão receber homenagens dos conterrâneos e assinar com Prefeitura Municipal de São Cristóvão, o contrato de Bolsa Atleta. Duda e mais um grupo de 15 atletas são-cristovenses assinaram o termo de adesão ao Programa Municipal de Incentivo ao Esporte, o Bolsa Atleta. A solenidade foi coordenada pelo prefeito Marcos Santana e contou com a presença da atleta Duda Lisboa e de todos os beneficiados.
Este é o segundo ano do programa de auxílio financeiro, o qual atende atletas de diversas modalidades esportivas. Os valores variam de R$ 400 a R$ 1 mil. Instituído com a sanção da lei Duda Lisboa (nº 312/2017), o Bolsa Atleta designa o auxílio-atleta, prioritariamente, aos atletas praticantes de esporte de rendimento e que estejam representando São Cristóvão.
O benefício contempla atletas e paratletas de desportos, tanto de modalidades individuais quanto coletivas, desde que reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Vale ressaltar que o atleta selecionado receberá o benefício durante 12 meses, sendo esse não prorrogável.
Atualmente, são três categorias de bolsas oferecidas pelo programa: Atleta Municipal, destinada aos atletas que tenham participado de competições não estudantil e que estejam representando o Município de São Cristóvão; Estudantil, destina-se aos atletas que tenham participado de competições estudantil e que estejam representando o Município de São Cristóvão; Para-Atleta, beneficia os atletas com deficiência e que estejam representando São Cristóvão.
- O Bolsa Atleta de São Cristóvão é mais um apoio, mais uma ajuda, mais uma motivação para o atleta competir. É ir aos treinos sabendo que você tem uma ajuda, você pode comprar uma passagem, bancar uma hospedagem. Então, com essa ajuda, você sente que pode, que consegue, é um estímulo a mais. Felicidade para nós que somos da cidade. Acho que todos os atletas têm que agarrar com toda a força essa oportunidade e ir com tudo nas competições, nos campeonatos e nos treinamentos - disse Duda.
A edição 2019/2020 do Bolsa beneficia os atletas João Marcos Santos Ferreira (atletismo); João Alisson Barbosa dos Santos (atletismo); Victória Lopes Pereira Tosta (voleibol de Praia); Eduarda Santos Lisboa (voleibol de Praia); Cayo Victor de Jesus Souza (judô); Kaik Alessandro Souza (ciclismo); Ágatha Bianca Rodrigues do Nascimento (voleibol); Ramon Santos Rozendo (Kick Boxing);Edu Lowgan Paiva Ramos (judô); Erika Fernanda Jesus Machado (jiu-jitsu); Henrique Lucio Nascimento Fagundes (judô);Eitor Lemos Bispo (judô); João Araujo Pinto Neto (badminton); Marcelo Guarilha Faro de Jesus (muay thai); Lucivânia dos Santos (parabadminton) e Maria Gilda dos Santos Domingues Antunes (parabadminton).

A superatleta do vôlei de praia destaque do Circuito Mundial ao lado da parceira Ágatha Bednarczuk e líder da corrida pela vaga Olímpica, pegou uma folga no Circuito Mundial e veio a São Cristóvão receber homenagens dos conterrâneos e assinar com Prefeitura Municipal de São Cristóvão, o contrato de Bolsa Atleta. Duda e mais um grupo de 15 atletas são-cristovenses assinaram o termo de adesão ao Programa Municipal de Incentivo ao Esporte, o Bolsa Atleta. A solenidade foi coordenada pelo prefeito Marcos Santana e contou com a presença da atleta Duda Lisboa e de todos os beneficiados.
Este é o segundo ano do programa de auxílio financeiro, o qual atende atletas de diversas modalidades esportivas. Os valores variam de R$ 400 a R$ 1 mil. Instituído com a sanção da lei Duda Lisboa (nº 312/2017), o Bolsa Atleta designa o auxílio-atleta, prioritariamente, aos atletas praticantes de esporte de rendimento e que estejam representando São Cristóvão.
O benefício contempla atletas e paratletas de desportos, tanto de modalidades individuais quanto coletivas, desde que reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Vale ressaltar que o atleta selecionado receberá o benefício durante 12 meses, sendo esse não prorrogável.
Atualmente, são três categorias de bolsas oferecidas pelo programa: Atleta Municipal, destinada aos atletas que tenham participado de competições não estudantil e que estejam representando o Município de São Cristóvão; Estudantil, destina-se aos atletas que tenham participado de competições estudantil e que estejam representando o Município de São Cristóvão; Para-Atleta, beneficia os atletas com deficiência e que estejam representando São Cristóvão.
- O Bolsa Atleta de São Cristóvão é mais um apoio, mais uma ajuda, mais uma motivação para o atleta competir. É ir aos treinos sabendo que você tem uma ajuda, você pode comprar uma passagem, bancar uma hospedagem. Então, com essa ajuda, você sente que pode, que consegue, é um estímulo a mais. Felicidade para nós que somos da cidade. Acho que todos os atletas têm que agarrar com toda a força essa oportunidade e ir com tudo nas competições, nos campeonatos e nos treinamentos - disse Duda.
A edição 2019/2020 do Bolsa beneficia os atletas João Marcos Santos Ferreira (atletismo); João Alisson Barbosa dos Santos (atletismo); Victória Lopes Pereira Tosta (voleibol de Praia); Eduarda Santos Lisboa (voleibol de Praia); Cayo Victor de Jesus Souza (judô); Kaik Alessandro Souza (ciclismo); Ágatha Bianca Rodrigues do Nascimento (voleibol); Ramon Santos Rozendo (Kick Boxing);Edu Lowgan Paiva Ramos (judô); Erika Fernanda Jesus Machado (jiu-jitsu); Henrique Lucio Nascimento Fagundes (judô);Eitor Lemos Bispo (judô); João Araujo Pinto Neto (badminton); Marcelo Guarilha Faro de Jesus (muay thai); Lucivânia dos Santos (parabadminton) e Maria Gilda dos Santos Domingues Antunes (parabadminton).