Prefeitura retia quase 2 mil toneladas de resíduos em canal da Airton Teles

Geral


  • Foram retiradas, aproximadamente, 1890 toneladas de resíduos do canal

  • DURANTE SERVIÇO DE LIMPEZA DO CANAL, EQUIPES DA PREFEITURA DE ARACAJU FORAM SURPREENDIDAS COM O VOLUME DE LIXO E ENTULHOS RETIRADOS

 

A Prefeitura de Araca
ju atua, constante
mente, na limpeza dos canais da cidade. Nas últimas semanas, o trabalho foi intensificado no canal da Avenida Airton Teles, um dos principais da capital, e o resultado chamou a atenção pela grande quantidade de resíduos encontrada pelos agentes de limpeza da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), como demonstram as imagens registradas nesta quinta-feira (22).
Os serviços estão sendo realizados há 21 dias, através do processo de limpeza manual por método de barragem, e a iniciativa integra o conjunto de ações preventivas para evitar transtornos no período chuvoso. Porém, a grande quantidade de resíduos encontrada, principalmente, embaixo dos pontilhões alerta para o descarte irregular que acontece, quase diariamente, naquela região.
Segundo o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas, o descarte irregular precisa acabar e a população tem papel importante neste processo. "Esse descarte feito pelas pessoas nas encostas de canais acaba acumulando a sujeira e o resultado é o alagamento. A Prefeitura continua fazendo o papel dela e pede que as pessoas que moram e trabalham por lá, façam o papel delas também, colaborando com a limpeza e denunciando o descarte irregular", disse.
Foram retiradas, aproximadamente, 1890 toneladas de resíduos do canal.

A Prefeitura de Araca ju atua, constante mente, na limpeza dos canais da cidade. Nas últimas semanas, o trabalho foi intensificado no canal da Avenida Airton Teles, um dos principais da capital, e o resultado chamou a atenção pela grande quantidade de resíduos encontrada pelos agentes de limpeza da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), como demonstram as imagens registradas nesta quinta-feira (22).
Os serviços estão sendo realizados há 21 dias, através do processo de limpeza manual por método de barragem, e a iniciativa integra o conjunto de ações preventivas para evitar transtornos no período chuvoso. Porém, a grande quantidade de resíduos encontrada, principalmente, embaixo dos pontilhões alerta para o descarte irregular que acontece, quase diariamente, naquela região.
Segundo o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas, o descarte irregular precisa acabar e a população tem papel importante neste processo. "Esse descarte feito pelas pessoas nas encostas de canais acaba acumulando a sujeira e o resultado é o alagamento. A Prefeitura continua fazendo o papel dela e pede que as pessoas que moram e trabalham por lá, façam o papel delas também, colaborando com a limpeza e denunciando o descarte irregular", disse.
Foram retiradas, aproximadamente, 1890 toneladas de resíduos do canal.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS