Sergipe perdeu 443 postos de trabalho no mês de julho

Geral


  • Sergipe foi um dos sete estados que perdeu postos de trabalho em julho

 

Dados do Caged, do 
Ministério da Eco-
nomia, divulgados nesta sexta-feira, 23, revelam que Sergipe encerrou o mês junho com -443 postos de trabalhos. No acumulado do ano, foram perdidos 3.856 postos de trabalho. Já a análise dos últimos 12 meses mostra um saldo positivo de 544 empregos. As informações fazem parte do Radar do Emprego, divulgado pelo Observatório de Sergipe/ Superplan.
O resultado foi impulsionado, sobretudo, pelos setores de Serviços e Comércio, e indústria de transformação.
Entre os setores observados, tiveram ganhos: Agropecuária' (+124), 'Construção Civil' (+62), 'Indústria de Transformação' (+53), 'Extrativa Mineral (+47)', 'Administração Pública' (+35) e  Serviços Industriais de Atividade Públicas' (+5). Dois registraram perda de emprego: 'Serviços' (-469), e 'Comércio' (-300).
Municípios, com mais de 30 mil habitantes, que mais geraram emprego:
 Estância (+99), Nossa Senhora de Socorro (+32) e Capela (+12).
Municípios, com mais de 30 mil habitantes, que mais perderam emprego: 
Aracaju (-529), Itabaianinha (-18) e Itabaiana (-13).

Dados do Caged, do  Ministério da Eco- nomia, divulgados nesta sexta-feira, 23, revelam que Sergipe encerrou o mês junho com -443 postos de trabalhos. No acumulado do ano, foram perdidos 3.856 postos de trabalho. Já a análise dos últimos 12 meses mostra um saldo positivo de 544 empregos. As informações fazem parte do Radar do Emprego, divulgado pelo Observatório de Sergipe/ Superplan.
O resultado foi impulsionado, sobretudo, pelos setores de Serviços e Comércio, e indústria de transformação.
Entre os setores observados, tiveram ganhos: Agropecuária' (+124), 'Construção Civil' (+62), 'Indústria de Transformação' (+53), 'Extrativa Mineral (+47)', 'Administração Pública' (+35) e  Serviços Industriais de Atividade Públicas' (+5). Dois registraram perda de emprego: 'Serviços' (-469), e 'Comércio' (-300).

Municípios, com mais de 30 mil habitantes, que mais geraram emprego:
 Estância (+99), Nossa Senhora de Socorro (+32) e Capela (+12).

Municípios, com mais de 30 mil habitantes, que mais perderam emprego: 
Aracaju (-529), Itabaianinha (-18) e Itabaiana (-13).

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS