Augusto Bezerra é posto em prisão domiciliar

Geral

 

O ex-deputado estadual Augusto Bezerra foi colocado em prisão domiciliar. A transferência foi autorizada ontem de manhã pelo desembargador Roberto Porto, do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), que acolheu a um pedido apresentado pelos advogados de defesa. Bezerra estava detido no Presídio Militar (Presmil) desde o dia 19 de junho, quando começou a cumprir sua pena de 12 anos de prisão pelos desvios de verba investigados no Caso Amanova, um desdobramento do Escândalo das Subvenções da Assembleia Legislativa.
Augusto deixou o presídio por volta do meio-dia, acompanhado por familiares e pelo advogado. Em seguida, seguiu para a sede do Departamento Estadual do Sistema Penitenciário (Desipe), onde colocou uma tornozeleira eletrônica que irá monitorá-lo a partir de agora. O ex-deputado passará a cumprir sua pena em casa e só poderá sair dela para se apresentar em juízo ou para fazer exames, consultas e procedimentos médicos. 
Os advogados alegaram que Augusto Bezerra está deprimido e já perdeu cerca de 20 quilos. À época, a defesa do ex-parlamentar alegou problemas de saúde comprovados em relatórios médicos para tentar converter o regime fechado em domiciliar, mas o TJSE decidiu formar uma junta médica para avaliar o real estado de saúde do preso. De acordo com o criminalista Aurélio Belém, o estado de saúde de Augusto Bezerra recomenda cautela, pois ele tem forte depressão, e a hipertensão não está sendo controlada.

O ex-deputado estadual Augusto Bezerra foi colocado em prisão domiciliar. A transferência foi autorizada ontem de manhã pelo desembargador Roberto Porto, do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), que acolheu a um pedido apresentado pelos advogados de defesa. Bezerra estava detido no Presídio Militar (Presmil) desde o dia 19 de junho, quando começou a cumprir sua pena de 12 anos de prisão pelos desvios de verba investigados no Caso Amanova, um desdobramento do Escândalo das Subvenções da Assembleia Legislativa.
Augusto deixou o presídio por volta do meio-dia, acompanhado por familiares e pelo advogado. Em seguida, seguiu para a sede do Departamento Estadual do Sistema Penitenciário (Desipe), onde colocou uma tornozeleira eletrônica que irá monitorá-lo a partir de agora. O ex-deputado passará a cumprir sua pena em casa e só poderá sair dela para se apresentar em juízo ou para fazer exames, consultas e procedimentos médicos. 
Os advogados alegaram que Augusto Bezerra está deprimido e já perdeu cerca de 20 quilos. À época, a defesa do ex-parlamentar alegou problemas de saúde comprovados em relatórios médicos para tentar converter o regime fechado em domiciliar, mas o TJSE decidiu formar uma junta médica para avaliar o real estado de saúde do preso. De acordo com o criminalista Aurélio Belém, o estado de saúde de Augusto Bezerra recomenda cautela, pois ele tem forte depressão, e a hipertensão não está sendo controlada.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS