Tito acha que \"dava para ter vencido por mais\"

Esporte

 

A vitória de 1 a 0 sobre o Ypiranga na rodada de ida das quartas de final da Série C, em Aracaju, colocou o Confiança em vantagem na disputa pelo acesso. Apesar disso, o atacante Tito, autor do gol azulino, lamentou o fato de o placar não ter terminado com mais gols para o lado sergipano.
- Dava para ter vencido o jogo por mais gols. Criamos mais oportunidades, mas não fomos tão efetivos. Mesmo assim, temos uma boa vantagem. Já estou no meu segundo mata-mata de Série C pelo Confiança. Em 2017 sofremos uma derrota por 2 a 0 muito difícil de reverter, mas agora, se continuarmos com o mesmo foco, acho que 1 a 0 se torna uma boa vantagem -, avaliou o jogador, lembrando a eliminação para o São Bento, também na Série C. A opinião de Tito é compartilhada com o técnico Daniel Paulista.
 - Enfrentamos um adversário de muita qualidade, mas o Confiança se portou muito bem, trabalhou bem a bola, criou inúmeras oportunidades, e poderia até, se tivesse caprichado um pouco mais nas finalizações, ter feito um placar maior. Conseguimos ser consistentes durante o jogo todo, controlando a partida durante todos os momentos", afirmou o treinador.
Com a vitória conquistada no último final de semana, o Confiança joga por um empate no próximo sábado, em jogo marcado para as 17 horas, no Colosso da Lagoa, enquanto o Ypiranga precisa vencer por dois gols de diferença. Caso o time de Erechim vença por vantagem de um gol, a decisão será nos pênaltis.
O importante é que o Confiança fez certinho, o dever de casa. Nas outras duas vezes que foi para o mata-mata, o time sergipano não conseguiu se sair bem no jogo na Arena Batistão. Em 2015 contra o Londrina empatou em 0x0 e perdeu o jogo de volta, na "Cidade do Café" por 1x0. Faltou um gol que daria a classificação. O empate em 1x1 dava a classificação ao Dragão, pelo gol qualificado, ainda em vigor nas competições da CBF, na época.
Na segunda vez foi em 2017 contra o São Bento. Aí foi um desastre. Perdeu de 2x0 em casa e não conseguiu reverter o placar em Sorocaba, empatando em 0x0. Agora, o Confiança sai na frente e basta empatar o jogo em Erechim, para carimbar o passaporte para a Série B, o grande sonho de todos os sergipanos.

A vitória de 1 a 0 sobre o Ypiranga na rodada de ida das quartas de final da Série C, em Aracaju, colocou o Confiança em vantagem na disputa pelo acesso. Apesar disso, o atacante Tito, autor do gol azulino, lamentou o fato de o placar não ter terminado com mais gols para o lado sergipano.
- Dava para ter vencido o jogo por mais gols. Criamos mais oportunidades, mas não fomos tão efetivos. Mesmo assim, temos uma boa vantagem. Já estou no meu segundo mata-mata de Série C pelo Confiança. Em 2017 sofremos uma derrota por 2 a 0 muito difícil de reverter, mas agora, se continuarmos com o mesmo foco, acho que 1 a 0 se torna uma boa vantagem -, avaliou o jogador, lembrando a eliminação para o São Bento, também na Série C. A opinião de Tito é compartilhada com o técnico Daniel Paulista.
 - Enfrentamos um adversário de muita qualidade, mas o Confiança se portou muito bem, trabalhou bem a bola, criou inúmeras oportunidades, e poderia até, se tivesse caprichado um pouco mais nas finalizações, ter feito um placar maior. Conseguimos ser consistentes durante o jogo todo, controlando a partida durante todos os momentos", afirmou o treinador.
Com a vitória conquistada no último final de semana, o Confiança joga por um empate no próximo sábado, em jogo marcado para as 17 horas, no Colosso da Lagoa, enquanto o Ypiranga precisa vencer por dois gols de diferença. Caso o time de Erechim vença por vantagem de um gol, a decisão será nos pênaltis.
O importante é que o Confiança fez certinho, o dever de casa. Nas outras duas vezes que foi para o mata-mata, o time sergipano não conseguiu se sair bem no jogo na Arena Batistão. Em 2015 contra o Londrina empatou em 0x0 e perdeu o jogo de volta, na "Cidade do Café" por 1x0. Faltou um gol que daria a classificação. O empate em 1x1 dava a classificação ao Dragão, pelo gol qualificado, ainda em vigor nas competições da CBF, na época.
Na segunda vez foi em 2017 contra o São Bento. Aí foi um desastre. Perdeu de 2x0 em casa e não conseguiu reverter o placar em Sorocaba, empatando em 0x0. Agora, o Confiança sai na frente e basta empatar o jogo em Erechim, para carimbar o passaporte para a Série B, o grande sonho de todos os sergipanos.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS