Avosos realiza ´Encontro Setembro Dourado: um alerta aos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil´

Geral

 

Nesta terça-feira, às 14h, a Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) realiza o Encontro Setembro Dourado: um alerta aos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. O evento acontece na sede da instituição, localizada à rua Leonel Curvelo, 55, bairro Suíssa.
"Temos que observar as crianças e as adolescentes que estão aos nossos cuidados. Um caroço persistente, por exemplo, não deve passar despercebido aos olhos dos responsáveis. Sem pânico, sem alarme, mas com atenção e agilidade devemos levar ao médico. Quanto mais cedo o câncer é descoberto, maiores são as chances de cura e menores as sequelas", informa o presidente voluntário da Avosos, Wilson Melo, ressaltando o slogan adotado pela instituição este ano: "Temos pressa: o câncer infantojuvenil não espera".
Logo no início do Encontro, a assistente social Sara Mônica vai falar sobre a campanha Setembro Dourado, que é uma de iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc). É neste mês que as 50 instituições (espalhadas em 21 Estados brasileiros) fazem simultaneamente um alerta para a sociedade sobre os sinais e sintomas do câncer em crianças e adolescentes.

Nesta terça-feira, às 14h, a Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) realiza o Encontro Setembro Dourado: um alerta aos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. O evento acontece na sede da instituição, localizada à rua Leonel Curvelo, 55, bairro Suíssa.
"Temos que observar as crianças e as adolescentes que estão aos nossos cuidados. Um caroço persistente, por exemplo, não deve passar despercebido aos olhos dos responsáveis. Sem pânico, sem alarme, mas com atenção e agilidade devemos levar ao médico. Quanto mais cedo o câncer é descoberto, maiores são as chances de cura e menores as sequelas", informa o presidente voluntário da Avosos, Wilson Melo, ressaltando o slogan adotado pela instituição este ano: "Temos pressa: o câncer infantojuvenil não espera".
Logo no início do Encontro, a assistente social Sara Mônica vai falar sobre a campanha Setembro Dourado, que é uma de iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc). É neste mês que as 50 instituições (espalhadas em 21 Estados brasileiros) fazem simultaneamente um alerta para a sociedade sobre os sinais e sintomas do câncer em crianças e adolescentes.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS