Irmãos são baleados durante atentado em Maruim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/09/2019 às 23:07:00

 

Dois irmãos foram baleados em um ataque a tiros ocorrido por volta das 11h de ontem no centro de Maruim (Vale do Cotinguiba). Segundo a polícia, eles estavam na Rua Santo Antônio, em uma comunidade conhecida como Ladeira, e foram atacados por um homem armado que passou por eles, a bordo de um Fiat Palio de cor branca, e abriu fogo. Robson Santos Barreto, 18 anos, morreu no local. Já o irmão dele, Douglas Santos Barreto que estava ferido na barriga, foi socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para o pronto-socorro municipal. 
Inicialmente, confirmou-se que o paciente não corria risco de morte, mas, no meio da tarde, ele acabou transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju. Essa transferência já estava prevista, devido ao quadro de saúde do paciente, mas foi apressada após informações de que um grupo de suspeitos estaria se articulando para invadir o pronto-socorro e matar o sobrevivente. A ambulância que o levou para a capital viajou com escolta de equipes da Guarda Municipal, que já tinham protegido a vítima durante seu primeiro atendimento. 
Equipes das polícias Civil e Militar estiveram no local do atentado e fizeram buscas pelo atirador. Um suspeito que estava próximo ao local do crime foi preso e levado para a Delegacia de Maruim, mas a participação dele no ataque não foi confirmada até o fechamento desta edição. A motivação do atentado também está sendo apurada. 

Dois irmãos foram baleados em um ataque a tiros ocorrido por volta das 11h de ontem no centro de Maruim (Vale do Cotinguiba). Segundo a polícia, eles estavam na Rua Santo Antônio, em uma comunidade conhecida como Ladeira, e foram atacados por um homem armado que passou por eles, a bordo de um Fiat Palio de cor branca, e abriu fogo. Robson Santos Barreto, 18 anos, morreu no local. Já o irmão dele, Douglas Santos Barreto que estava ferido na barriga, foi socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para o pronto-socorro municipal. 
Inicialmente, confirmou-se que o paciente não corria risco de morte, mas, no meio da tarde, ele acabou transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju. Essa transferência já estava prevista, devido ao quadro de saúde do paciente, mas foi apressada após informações de que um grupo de suspeitos estaria se articulando para invadir o pronto-socorro e matar o sobrevivente. A ambulância que o levou para a capital viajou com escolta de equipes da Guarda Municipal, que já tinham protegido a vítima durante seu primeiro atendimento. 
Equipes das polícias Civil e Militar estiveram no local do atentado e fizeram buscas pelo atirador. Um suspeito que estava próximo ao local do crime foi preso e levado para a Delegacia de Maruim, mas a participação dele no ataque não foi confirmada até o fechamento desta edição. A motivação do atentado também está sendo apurada.