Acusado de assaltos morre após confronto em Aquidabã

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/09/2019 às 23:02:00

 

Policiais civis das delegacias de Aquidabã, Nossa Senhora de Lourdes, Porto da Folha e Gararu, norte do estado, realizaram na manhã de ontem uma operação coordenada pelo delegado Paulo José Barbosa, do município de Aquidabã. Durante a ação, um homem apontado de praticar roubos e tentativa de homicídio morreu em confronto com a Polícia. 
A ação aconteceu quando os policiais civis seguiram para cumprir o mandado de prisão de Anderson de Oliveira, 22 anos, conhecido como "Keninho". O homem, que era investigado por diversos assaltos nas regiões de Aquidabã e Nossa Senhora de Lourdes, estava foragido após cometer uma tentativa de homicídio. Durante o crime, o indivíduo atirou contra a vítima que, além de ser fortemente agredida, fingiu estar morta para se salvar.
No momento em que os policiais entraram na casa do foragido, ele atirou contra a força policial. Anderson foi atingido e levado para o hospital da região, porém foi constatado o óbito após o atendimento. No momento do cumprimento do mandado, ele portava três armas de fogo em casa, que foram apreendidas.
Presos - Em outra diligência, agentes do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) prenderam dois homens suspeitos de porte ilegal de arma de fogo após denúncias anônimas. Duas armas de fogo foram apreendidas. A ação ocorreu após informações de que dois homens estavam no interior de uma residência portando armas e ameaçando populares. 
Após o cerco policial na residência, foram encontrados Vinícius Araújo Silva e Bruno do Santos Correia, cada um em posse de uma arma de fogo. Os dois homens foram detidos e encaminhados à delegacia local para adoção das medidas cabíveis.

Policiais civis das delegacias de Aquidabã, Nossa Senhora de Lourdes, Porto da Folha e Gararu, norte do estado, realizaram na manhã de ontem uma operação coordenada pelo delegado Paulo José Barbosa, do município de Aquidabã. Durante a ação, um homem apontado de praticar roubos e tentativa de homicídio morreu em confronto com a Polícia. 
A ação aconteceu quando os policiais civis seguiram para cumprir o mandado de prisão de Anderson de Oliveira, 22 anos, conhecido como "Keninho". O homem, que era investigado por diversos assaltos nas regiões de Aquidabã e Nossa Senhora de Lourdes, estava foragido após cometer uma tentativa de homicídio. Durante o crime, o indivíduo atirou contra a vítima que, além de ser fortemente agredida, fingiu estar morta para se salvar.
No momento em que os policiais entraram na casa do foragido, ele atirou contra a força policial. Anderson foi atingido e levado para o hospital da região, porém foi constatado o óbito após o atendimento. No momento do cumprimento do mandado, ele portava três armas de fogo em casa, que foram apreendidas.

Presos - Em outra diligência, agentes do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) prenderam dois homens suspeitos de porte ilegal de arma de fogo após denúncias anônimas. Duas armas de fogo foram apreendidas. A ação ocorreu após informações de que dois homens estavam no interior de uma residência portando armas e ameaçando populares. 
Após o cerco policial na residência, foram encontrados Vinícius Araújo Silva e Bruno do Santos Correia, cada um em posse de uma arma de fogo. Os dois homens foram detidos e encaminhados à delegacia local para adoção das medidas cabíveis.