Aracaju vai sediar evento do Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/09/2019 às 22:23:00

 

Estimativas apontam que até 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. Um dado preocupante que precisa ser discutido todos os dias. Só para se ter uma ideia: muitos dos animais atendidos pela Fundação Mamíferos Aquáticos apresentam problemas por terem interagido com o lixo. Alguns se machucam, outros confundem com comida e acabam ficando doentes e até morrendo. No próximo sábado (21), as equipes do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho - realizado pela Fundação Mamíferos Aquáticos e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental - estarão reunidas em Aracaju para refletir e discutir o tema com as comunidades locais e promover o International Coastal Cleanup Day, o Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias, evento que acontece em diversas praias do mundo, coordenado pela ONG Ocean Conservancy. Na capital sergipana, a concentração será às 8h, na praia de Aruana, em frente ao Solarium Bar e Restaurante.
Todos podem participar. A orientação é para que os voluntários usem um calçado confortável, boné, roupas leves, passem protetor solar e tragam a sua garrafa de água. Os participantes percorrerão 1 km de praia. O material coletado durante o percurso será pesado e passará por gravimetria. Tudo será anotado. As informações serão encaminhadas para a Ocean Conservance, que compilará o resultado de todos os voluntários do planeta e enviará para o banco de dados mundial da ONU. Ao final do evento, haverá a divulgação dos resultados, um lanche coletivo, atividades recreativas, aula de funcional e apresentações culturais.
O Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias é uma ação simbólica e totalmente voluntária que tem como principal objetivo sensibilizar e alertar a população para a importância do descarte correto do lixo. Esta ação também visa provocar mudanças de atitude e gerar a reflexão sobre as consequências negativas que esse lixo ocasiona no meio ambiente e como podemos minimizar ou anular tais impactos. Em Aracaju, o evento está sendo promovido pelo Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho com a parceria da Unimed, Solarium, Vivere Seguros, Sobral Fitness Academia, Energisa e com o apoio do Aracaju Lixo Zero, Colégio Arquidiocesano, Colégio Amadeus, Centro Educacional Pedacinho do Céu e Clube dos Desbravadores.

Estimativas apontam que até 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. Um dado preocupante que precisa ser discutido todos os dias. Só para se ter uma ideia: muitos dos animais atendidos pela Fundação Mamíferos Aquáticos apresentam problemas por terem interagido com o lixo. Alguns se machucam, outros confundem com comida e acabam ficando doentes e até morrendo. No próximo sábado (21), as equipes do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho - realizado pela Fundação Mamíferos Aquáticos e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental - estarão reunidas em Aracaju para refletir e discutir o tema com as comunidades locais e promover o International Coastal Cleanup Day, o Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias, evento que acontece em diversas praias do mundo, coordenado pela ONG Ocean Conservancy. Na capital sergipana, a concentração será às 8h, na praia de Aruana, em frente ao Solarium Bar e Restaurante.
Todos podem participar. A orientação é para que os voluntários usem um calçado confortável, boné, roupas leves, passem protetor solar e tragam a sua garrafa de água. Os participantes percorrerão 1 km de praia. O material coletado durante o percurso será pesado e passará por gravimetria. Tudo será anotado. As informações serão encaminhadas para a Ocean Conservance, que compilará o resultado de todos os voluntários do planeta e enviará para o banco de dados mundial da ONU. Ao final do evento, haverá a divulgação dos resultados, um lanche coletivo, atividades recreativas, aula de funcional e apresentações culturais.
O Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias é uma ação simbólica e totalmente voluntária que tem como principal objetivo sensibilizar e alertar a população para a importância do descarte correto do lixo. Esta ação também visa provocar mudanças de atitude e gerar a reflexão sobre as consequências negativas que esse lixo ocasiona no meio ambiente e como podemos minimizar ou anular tais impactos. Em Aracaju, o evento está sendo promovido pelo Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho com a parceria da Unimed, Solarium, Vivere Seguros, Sobral Fitness Academia, Energisa e com o apoio do Aracaju Lixo Zero, Colégio Arquidiocesano, Colégio Amadeus, Centro Educacional Pedacinho do Céu e Clube dos Desbravadores.