São Cristóvão vence prêmio nacional de Cidades Sustentáveis

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O PREFEITO MARCOS SANTANA COM O TROFÉU
O PREFEITO MARCOS SANTANA COM O TROFÉU

O prefeito Marcos Santana durante a premiação em São Paulo
O prefeito Marcos Santana durante a premiação em São Paulo

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/09/2019 às 22:52:00

 

Os programas Águas 
de São Cristóvão e 
São Criativos, desenvolvidos pela prefeitura de São Cristóvão, premiaram a gestão municipal com primeiro e segundo lugar no prêmio Cidades Sustentáveis 2019. A premiação ocorreu em São Paulo, nesta quarta-feira (18). O prefeito Marcos Santana acompanhou o evento e comemorou o resultado.
"É a primeira vez que participamos e já saímos com primeiro e segundo lugar nas categorias Acesso a Serviços e Desigualdade Econômica. Disputamos com projetos de todo o País e de cidades maiores que a nossa. Esse prêmio é motivo de orgulho para o sãocristovense e para os sergipanos porque mostra nossa capacidade de desenvolver ações que melhorem a vida das pessoas efetivamente. A São Criativos promove a economia criativa entre artesãos e autônomos locais, já o Águas de São Cristóvão leva abastecimento de água para povoados que conviviam há décadas com a falta de água. Muito obrigado a todos que me ajudam a construir um tempo novo em São Cristóvão", afirmou.
Em sua terceira edição, o Prêmio Cidades Sustentáveis contempla as administrações municipais que tenham políticas públicas bem-sucedidas e inovadoras na redução das desigualdades, com resultados concretos e mensuráveis. As Boas Práticas serão avaliadas de acordo com os temas Acesso a Serviços; Desigualdade Econômica, Acessibilidade.
O município sergipano conquistou o primeiro lugar na categoria Acesso a Serviços como programa Águas de São Cristóvão, o qual realiza a implantação de poço tubular para abastecimento de água em povoados. Desenvolvido pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), em parceria com o Governo do Estado por meio da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), o projeto alcançará 1000 famílias ao fim de sua execução. Já foram realizadas perfuração de poços com tubulação na Aldeia, Feijão, e no Centro Histórico. Serão beneficiados, ainda, Parque Santa Rita, Ingazeira, Carmo, Coqueiro, Tinharé e Pedreira.
Já o projeto São Criativos, que conquistou segundo lugar na categoria Desigualdade Econômica, fomenta a economia criativa. Fruto da parceria entre a Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe Água, Secretaria de Assistência Social e do Trabalho e Secretaria Municipal de Governo, a ação reúne artesãos e comerciantes da área gastronômica com objetivo de valorizar a cultura, a produção local e gerar renda.
Prêmio - A edição 2019 do Prêmio Cidades Sustentáveis recebeu 114 inscrições de boas práticas municipais, políticas inovadoras e bem-sucedidas na redução das desigualdades. Foram inscritas projetos e ações públicas de 61 municípios, distribuídos por 15 estados de todo o País.
A cerimônia de entrega do prêmio aconteceu durante a conferência "Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis", que reúne o 3º Encontro da Plataforma Global Cidades Sustentáveis e a 2ª Conferência Internacional Cidades Sustentáveis.

Os programas Águas  de São Cristóvão e  São Criativos, desenvolvidos pela prefeitura de São Cristóvão, premiaram a gestão municipal com primeiro e segundo lugar no prêmio Cidades Sustentáveis 2019. A premiação ocorreu em São Paulo, nesta quarta-feira (18). O prefeito Marcos Santana acompanhou o evento e comemorou o resultado.
"É a primeira vez que participamos e já saímos com primeiro e segundo lugar nas categorias Acesso a Serviços e Desigualdade Econômica. Disputamos com projetos de todo o País e de cidades maiores que a nossa. Esse prêmio é motivo de orgulho para o sãocristovense e para os sergipanos porque mostra nossa capacidade de desenvolver ações que melhorem a vida das pessoas efetivamente. A São Criativos promove a economia criativa entre artesãos e autônomos locais, já o Águas de São Cristóvão leva abastecimento de água para povoados que conviviam há décadas com a falta de água. Muito obrigado a todos que me ajudam a construir um tempo novo em São Cristóvão", afirmou.
Em sua terceira edição, o Prêmio Cidades Sustentáveis contempla as administrações municipais que tenham políticas públicas bem-sucedidas e inovadoras na redução das desigualdades, com resultados concretos e mensuráveis. As Boas Práticas serão avaliadas de acordo com os temas Acesso a Serviços; Desigualdade Econômica, Acessibilidade.
O município sergipano conquistou o primeiro lugar na categoria Acesso a Serviços como programa Águas de São Cristóvão, o qual realiza a implantação de poço tubular para abastecimento de água em povoados. Desenvolvido pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), em parceria com o Governo do Estado por meio da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), o projeto alcançará 1000 famílias ao fim de sua execução. Já foram realizadas perfuração de poços com tubulação na Aldeia, Feijão, e no Centro Histórico. Serão beneficiados, ainda, Parque Santa Rita, Ingazeira, Carmo, Coqueiro, Tinharé e Pedreira.
Já o projeto São Criativos, que conquistou segundo lugar na categoria Desigualdade Econômica, fomenta a economia criativa. Fruto da parceria entre a Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe Água, Secretaria de Assistência Social e do Trabalho e Secretaria Municipal de Governo, a ação reúne artesãos e comerciantes da área gastronômica com objetivo de valorizar a cultura, a produção local e gerar renda.

Prêmio - A edição 2019 do Prêmio Cidades Sustentáveis recebeu 114 inscrições de boas práticas municipais, políticas inovadoras e bem-sucedidas na redução das desigualdades. Foram inscritas projetos e ações públicas de 61 municípios, distribuídos por 15 estados de todo o País.
A cerimônia de entrega do prêmio aconteceu durante a conferência "Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis", que reúne o 3º Encontro da Plataforma Global Cidades Sustentáveis e a 2ª Conferência Internacional Cidades Sustentáveis.