Polícia descarta acidente em morte de jovem no Guajará

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/09/2019 às 22:09:00

 

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado de Sergipe já iniciou o processo de investigação que visa identificar a cronologia do corpo de um homem o qual foi encontrado dentro de um carro em chamas na madrugada de ontem. Conforme oficializado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), o caso foi registrado em uma área de difícil acesso, sem pavimentação, no Loteamento Guajará, localizado no município de Nossa Senhora do Socorro, região metropolitana de Aracaju. O início das investigações foi protagonizada por agentes do 5° Batalhão da Polícia Militar de Sergipe (BPM), os quais foram acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).
Na manhã de ontem, após apresentar os detalhes da operação aos peritos da Polícia Civil, o sargento Roberto, que integra a equipe do 5° BPM, disse que considera cedo afirmar a causa da ocorrência, porém, diante dos indícios e diálogos realizados com os moradores da região, uma das linhas de investigação deve envolver a possibilidade real de episódio criminoso. Ao chegar no local indicado a corporação encontrou o carro em chamas e uma pessoa no banco da frente com nenhum sinal de tentativa de fuga da parte interna do veículo. Não havia passageiro no automóvel. A princípio, está descartada a possibilidade de acidente de trânsito.
 "O que podemos informar com precisão neste momento é que quando a nossa equipe chegou no local, já encontrou o corpo carbonizado e o veículo em chamas. Isso sem nenhum registro de tentativa de abrir a porta do carro, ou, por exemplo, saída pela janela. A configuração de um acidente está, na nossa concepção descartada neste primeiro momento", declarou o oficial que concluiu dizendo: "peritos criminais do Instituto Médico Legal (IML) estiveram na cena dessa ocorrência e também coletaram informações que deem ajudar a desvendar o que de fato aconteceu. Vamos aguardar o resultado desse estudo especializado e entender o que infelizmente houve na madrugada de ontem."
A Secretaria de Segurança Pública, pede que, caso algum popular possua informações sobre este acontecimento, entrem em contato com Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), 190, e denuncie. Esse compartilhamento de informações também podem ser realizados através da central de disque denúncia da Polícia Civil, 181. A SSP garante sigilo absoluto sobre a origem das denúncias. Novas informações sobre esse caso devem ser apresentadas após a elucidação do crime. (Milton Alves Júnior)

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado de Sergipe já iniciou o processo de investigação que visa identificar a cronologia do corpo de um homem o qual foi encontrado dentro de um carro em chamas na madrugada de ontem. Conforme oficializado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), o caso foi registrado em uma área de difícil acesso, sem pavimentação, no Loteamento Guajará, localizado no município de Nossa Senhora do Socorro, região metropolitana de Aracaju. O início das investigações foi protagonizada por agentes do 5° Batalhão da Polícia Militar de Sergipe (BPM), os quais foram acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).
Na manhã de ontem, após apresentar os detalhes da operação aos peritos da Polícia Civil, o sargento Roberto, que integra a equipe do 5° BPM, disse que considera cedo afirmar a causa da ocorrência, porém, diante dos indícios e diálogos realizados com os moradores da região, uma das linhas de investigação deve envolver a possibilidade real de episódio criminoso. Ao chegar no local indicado a corporação encontrou o carro em chamas e uma pessoa no banco da frente com nenhum sinal de tentativa de fuga da parte interna do veículo. Não havia passageiro no automóvel. A princípio, está descartada a possibilidade de acidente de trânsito.
 "O que podemos informar com precisão neste momento é que quando a nossa equipe chegou no local, já encontrou o corpo carbonizado e o veículo em chamas. Isso sem nenhum registro de tentativa de abrir a porta do carro, ou, por exemplo, saída pela janela. A configuração de um acidente está, na nossa concepção descartada neste primeiro momento", declarou o oficial que concluiu dizendo: "peritos criminais do Instituto Médico Legal (IML) estiveram na cena dessa ocorrência e também coletaram informações que deem ajudar a desvendar o que de fato aconteceu. Vamos aguardar o resultado desse estudo especializado e entender o que infelizmente houve na madrugada de ontem."
A Secretaria de Segurança Pública, pede que, caso algum popular possua informações sobre este acontecimento, entrem em contato com Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), 190, e denuncie. Esse compartilhamento de informações também podem ser realizados através da central de disque denúncia da Polícia Civil, 181. A SSP garante sigilo absoluto sobre a origem das denúncias. Novas informações sobre esse caso devem ser apresentadas após a elucidação do crime. (Milton Alves Júnior)