24ª edição da Revista Cumbuca traz reportagem sobre a Rádio Aperipê AM 630

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/09/2019 às 04:57:00

 

Uma reportagem especial de seis páginas registra os 80 anos da Rádio Aperipê AM 630 nas páginas da 24ª edição da Revista Cumbuca, publicada pela Editora Diário Oficial de Sergipe - Edise. A publicação foi lançada na manhã desta quarta-feira (25), na sede da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase).
A revista cultural há seis anos vem dando um espaço privilegiado para diferentes segmentos que contam a história do povo sergipano. "A Rádio Aperipê AM, como pioneira, foi a responsável pela inauguração da radiodifusão no Estado, então nada mais justo que o marco de suas oito décadas fosse guardado para a posteridade nas páginas de tão importante publicação", disse Chiquinho Ferreira, que na ocasião representou a presidente da Funcap, Conceição Vieira.
Como parte fundamental da história do rádio sergipano, a Aperipê é retratada na matéria escrita pela jornalista Camila Santos, que também faz parte da equipe da diretoria de Radiodifusão. 
"Sua contribuição para a história sergipana é imensurável em vários aspectos, na política, cultura, economia e social, além de construir o sentimento de sergipanidade. Me sinto honrada em ter contribuído para o registro desse fato histórico que é o aniversário de 80 anos da AM 630" destaca.
Além disso, a revista traz na capa imagens de Arthur Leite, que registrou com sensibilidade singularidades de Pirambu. As fotos ilustram a matéria de Charlotte Borges que conta em texto um pouco sobre a história dos tototós, transporte muito utilizado para fazer a travessia entre Aracaju - Barra dos Coqueiros. 

Uma reportagem especial de seis páginas registra os 80 anos da Rádio Aperipê AM 630 nas páginas da 24ª edição da Revista Cumbuca, publicada pela Editora Diário Oficial de Sergipe - Edise. A publicação foi lançada na manhã desta quarta-feira (25), na sede da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase).
A revista cultural há seis anos vem dando um espaço privilegiado para diferentes segmentos que contam a história do povo sergipano. "A Rádio Aperipê AM, como pioneira, foi a responsável pela inauguração da radiodifusão no Estado, então nada mais justo que o marco de suas oito décadas fosse guardado para a posteridade nas páginas de tão importante publicação", disse Chiquinho Ferreira, que na ocasião representou a presidente da Funcap, Conceição Vieira.
Como parte fundamental da história do rádio sergipano, a Aperipê é retratada na matéria escrita pela jornalista Camila Santos, que também faz parte da equipe da diretoria de Radiodifusão. 
"Sua contribuição para a história sergipana é imensurável em vários aspectos, na política, cultura, economia e social, além de construir o sentimento de sergipanidade. Me sinto honrada em ter contribuído para o registro desse fato histórico que é o aniversário de 80 anos da AM 630" destaca.
Além disso, a revista traz na capa imagens de Arthur Leite, que registrou com sensibilidade singularidades de Pirambu. As fotos ilustram a matéria de Charlotte Borges que conta em texto um pouco sobre a história dos tototós, transporte muito utilizado para fazer a travessia entre Aracaju - Barra dos Coqueiros.