Em parceria com o DER, prefeitura inicia novo acesso ao Madre Paulina

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A obra em São Cristóvão tem o apoio do DER
A obra em São Cristóvão tem o apoio do DER

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/10/2019 às 08:23:00

 

Nesta segunda-feira (30), o  prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, visitou a obra de implantação de acesso ao complexo de condomínios Doce Vida, no Madre Paulina.
A obra é executada em parceria com o DER, por se tratar de intervenção na rodovia estadual João Bebe Água; construtora União, responsável pelo empreendimento residencial; Secretaria Municipal de Infraestrutura e SMTT.
Equipes de agentes de Trânsito estarão no local durante o período de realização da obra. A intervenção consiste em redução do canteiro central para implantação de via de acesso aos condomínios no sentido Rosa Elze-Sede. Dessa forma, o fluxo na João Bebe Água não será comprometido por conta do novo acesso. Atualmente, os motoristas que residem no Complexo precisam realizar retorno no Luiz Alves.
O prefeito Marcos Santana falou de que forma a obra vai impactar na mobilidade urbana. "Aqui, tínhamos um problema de mobilidade urbana porque alguns motoristas se arriscavam fazendo retorno inadequado para não ir até o Luiz Alves. Com essa intervenção, estamos abrindo mais uma opção segura para o morador do Madre Paulina, que poderá fazer o retorno sem ir até o Luiz Alves".
No sentido oposto, Sede-Rosa Elze, será implantada lombada redutora de velocidade próxima ao retorno. A obra atende uma demanda dos moradores. O prefeito Marcos Santana, após reuniões com os moradores, buscou o DER e a construtora responsável para sua execução.

Nesta segunda-feira (30), o  prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, visitou a obra de implantação de acesso ao complexo de condomínios Doce Vida, no Madre Paulina.
A obra é executada em parceria com o DER, por se tratar de intervenção na rodovia estadual João Bebe Água; construtora União, responsável pelo empreendimento residencial; Secretaria Municipal de Infraestrutura e SMTT.
Equipes de agentes de Trânsito estarão no local durante o período de realização da obra. A intervenção consiste em redução do canteiro central para implantação de via de acesso aos condomínios no sentido Rosa Elze-Sede. Dessa forma, o fluxo na João Bebe Água não será comprometido por conta do novo acesso. Atualmente, os motoristas que residem no Complexo precisam realizar retorno no Luiz Alves.
O prefeito Marcos Santana falou de que forma a obra vai impactar na mobilidade urbana. "Aqui, tínhamos um problema de mobilidade urbana porque alguns motoristas se arriscavam fazendo retorno inadequado para não ir até o Luiz Alves. Com essa intervenção, estamos abrindo mais uma opção segura para o morador do Madre Paulina, que poderá fazer o retorno sem ir até o Luiz Alves".
No sentido oposto, Sede-Rosa Elze, será implantada lombada redutora de velocidade próxima ao retorno. A obra atende uma demanda dos moradores. O prefeito Marcos Santana, após reuniões com os moradores, buscou o DER e a construtora responsável para sua execução.