Milhares de fieis celebrarão os 16 anos da Romaria de Nossa Senhora Aparecida

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/10/2019 às 23:04:00

 

Todos os anos, no dia 12 de outubro, fiéis vindos de todos os cantos do país participam da segunda maior romaria a pé do Brasil, no município sergipano de Nossa Senhora Aparecida. São muitos os milagres, graças, pedidos, agradecimentos, histórias de luta, alegria e vitória que marcam os 16 anos da tradicional romaria, que sai do Povoado Queimadas, em Ribeirópolis (SE), em direção a sede do município que leva o nome da santa, transformando os cerca de 8 km da rodovia estadual em um caminho de fé e devoção.
No dia da romaria, a população de cerca de 9 mil habitantes se junta aos mais de 100 mil romeiros, transformando assim a paisagem do pacato município do agreste sergipano em um local de grandes manifestações de fé. "É de suma importância refletir a Festa de Nossa Senhora Aparecida no seu conjunto "histórico" com o olhar da fé do romeiro de Nossa Senhora. Como se sabe, a Romaria se tornou o ícone histórico do povo sergipano que vem a cada ano manifestar a sua devoção à Mãe de Deus", destaca o pároco do município, Pe. Carlos Gonzaga.
Tamanha é a grandiosidade da peregrinação, que em 2015 ela foi reconhecida como patrimônio cultural e imaterial do Estado de Sergipe, através da Lei Estadual nº 63/2015, sendo inclusa no Calendário Festivo de Sergipe. "Neste ano celebraremos a 16ª edição da Romaria. Espero que a Festa da Padroeira de Nossa Senhora Aparecida nos faça refletir sobre a nossa vocação cristã na fé em Maria e no seu Filho Jesus Cristo, e que essa mesma fé seja a bússola a guiar a vida do Romeiro de Nossa Senhora em todas as circunstâncias da vida", acrescenta o Pe. Carlos Gonzaga.
Impulsionados pelo tema 'Com a Mãe Aparecida: escolhidos e enviados em missão', a paróquia, com o apoio dos moradores do município e das equipes de Nossa Senhora, promove uma programação especial para receber os devotos, que já começa no dia 3 de outubro com o início do novenário de Nossa Senhora Aparecida. Para o dia festivo, 12 de outubro, estão programadas sete celebrações eucarísticas. A primeira delas, às 6h, ocorrerá no povoado Queimadas, ponto de partida da grande Romaria. Ao final da caminhada, às 10h, o arcebispo metropolitano de Aracaju, dom João José Costa, presidirá a santa missa no palco instalado na praça dedicada aos romeiros, no fundo da Igreja Matriz.

Todos os anos, no dia 12 de outubro, fiéis vindos de todos os cantos do país participam da segunda maior romaria a pé do Brasil, no município sergipano de Nossa Senhora Aparecida. São muitos os milagres, graças, pedidos, agradecimentos, histórias de luta, alegria e vitória que marcam os 16 anos da tradicional romaria, que sai do Povoado Queimadas, em Ribeirópolis (SE), em direção a sede do município que leva o nome da santa, transformando os cerca de 8 km da rodovia estadual em um caminho de fé e devoção.
No dia da romaria, a população de cerca de 9 mil habitantes se junta aos mais de 100 mil romeiros, transformando assim a paisagem do pacato município do agreste sergipano em um local de grandes manifestações de fé. "É de suma importância refletir a Festa de Nossa Senhora Aparecida no seu conjunto "histórico" com o olhar da fé do romeiro de Nossa Senhora. Como se sabe, a Romaria se tornou o ícone histórico do povo sergipano que vem a cada ano manifestar a sua devoção à Mãe de Deus", destaca o pároco do município, Pe. Carlos Gonzaga.
Tamanha é a grandiosidade da peregrinação, que em 2015 ela foi reconhecida como patrimônio cultural e imaterial do Estado de Sergipe, através da Lei Estadual nº 63/2015, sendo inclusa no Calendário Festivo de Sergipe. "Neste ano celebraremos a 16ª edição da Romaria. Espero que a Festa da Padroeira de Nossa Senhora Aparecida nos faça refletir sobre a nossa vocação cristã na fé em Maria e no seu Filho Jesus Cristo, e que essa mesma fé seja a bússola a guiar a vida do Romeiro de Nossa Senhora em todas as circunstâncias da vida", acrescenta o Pe. Carlos Gonzaga.
Impulsionados pelo tema 'Com a Mãe Aparecida: escolhidos e enviados em missão', a paróquia, com o apoio dos moradores do município e das equipes de Nossa Senhora, promove uma programação especial para receber os devotos, que já começa no dia 3 de outubro com o início do novenário de Nossa Senhora Aparecida. Para o dia festivo, 12 de outubro, estão programadas sete celebrações eucarísticas. A primeira delas, às 6h, ocorrerá no povoado Queimadas, ponto de partida da grande Romaria. Ao final da caminhada, às 10h, o arcebispo metropolitano de Aracaju, dom João José Costa, presidirá a santa missa no palco instalado na praça dedicada aos romeiros, no fundo da Igreja Matriz.