Iran planeja mandato

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/01/2013 às 15:49:00

Diante dos desafios de iniciar o seu segundo mandato parlamentar por Aracaju, num cenário de oposição, o vereador Iran Barbosa, PT, iniciou ontem o planejamento, junto com a sua assessoria, para os próximos quatro anos de atuação. O planejamento se estenderá até a sexta-feira.

Neste primeiro momento, Iran convidou o técnico do Judiciário Federal e militante da Articulação de Esquerda, Cristiano Cabral, para debater o cenário político em Sergipe e em Aracaju numa visão de esquerda.

O economista Luis Moura debateu "O Cenário Econômico em Sergipe e em Aracaju", apresentando dados relevantes para a tarefa de acompanhamento e fiscalização da realidade orçamentária e financeira da capital sergipana e do estado de Sergipe, de forma geral.

"A Revisão do Plano Diretor de Aracaju: Um desafio para a nova legislatura" foi o tema debatido pelo presidente do Fórum em Defesa da Grande Aracaju, José Firmo, que fez um importante resgate histórico da caminhada político-institucional e da luta social pela revisão do Plano.

"Faremos uma atuação qualificada na Câmara Municipal como oposição, porque foi para isto que fui eleito pelo povo de Aracaju, num cenário em que a direita vai governar a capital. E as contribuições de quadros próximos que pensam e defendem políticas públicas, nas suas várias áreas de atuação, voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população são importantíssimas e serão, com certeza, incorporadas ao nosso plano de trabalho e de atuação", explicou o vereador petista.

Em seguida, o debate foi aberto a outras lideranças do movimento sindical para tratar das lutas e demandas dos trabalhadores sergipanos e em Aracaju, a serem incorporadas pelo mandato de Iran Barbosa. Participaram do debate Plínio Pugliese, presidente do Sindiserj; Sueli Maria de Fátima, presidenta do Sindicato das Empregadas Domésticas de Sergipe; e Helenildes Gomes, que tratou das questões ligadas aos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias de Aracaju.

"Um mandato que quer se constituir como democrático e popular precisa ouvir todas as vozes da sociedade e encaminhar as suas pautas e anseios. E essa é uma das tarefas que vamos cumprir na Câmara Municipal", ressaltou Iran Barbosa.