Preso acusado de matar rapaz por engano em Boquim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/10/2019 às 22:39:00

 

Policiais civis lotados na Delegacia de Boquim (Centro-Sul) prenderam Ítalo Inaldo Santos de Jesus, o "Gordo". Ele é acusado da prática do crime de lesão corporal que resultou em morte. A detenção ocorreu na tarde dessa quinta-feira, no povoado Olhos D'Água. 
Segundo o delegado Marcelo Hercos, no momento do ato Ítalo estava com outros quatros envolvidos no crime, e se desentenderam com uma pessoa. Horas depois, o grupo alcoolizado encontrou a vítima e praticaram o crime por engano. O crime ocorreu no centro da cidade de Boquim. A vítima foi espancada e baleada no dia 30 de março de 2018. Ítalo está a disposição da Justiça e posteriormente será encaminhado ao sistema prisional.
Outra prisão - Também nesta quinta-feira, equipes das delegacias de Umbaúba e Indiaroba (Sul) cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Wilson Acelino Cardozo Roiz, 57, apontado como autor do assassinato de sua companheira. O crime aconteceu no ano de 2000, há quase 20 anos.
Segundo o delegado Antônio Francisco, Wilson é natural do município de Euclides da Cunha (BA) e afirmou em depoimento que o casal vinha se desentendendo e que desconfiava que a esposa o traia, fato que o levou a matá-la por espancamento com um pedaço de madeira.
Logo após o crime, Wilson fugiu para o estado de Sergipe, onde viveu de forma tranquila, trabalhando como caseiro em propriedades rurais até ser preso. O criminoso se encontra detido na Delegacia de Umbaúba e sua prisão será comunicada a Justiça do estado vizinho.

Policiais civis lotados na Delegacia de Boquim (Centro-Sul) prenderam Ítalo Inaldo Santos de Jesus, o "Gordo". Ele é acusado da prática do crime de lesão corporal que resultou em morte. A detenção ocorreu na tarde dessa quinta-feira, no povoado Olhos D'Água. 
Segundo o delegado Marcelo Hercos, no momento do ato Ítalo estava com outros quatros envolvidos no crime, e se desentenderam com uma pessoa. Horas depois, o grupo alcoolizado encontrou a vítima e praticaram o crime por engano. O crime ocorreu no centro da cidade de Boquim. A vítima foi espancada e baleada no dia 30 de março de 2018. Ítalo está a disposição da Justiça e posteriormente será encaminhado ao sistema prisional.

Outra prisão - Também nesta quinta-feira, equipes das delegacias de Umbaúba e Indiaroba (Sul) cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Wilson Acelino Cardozo Roiz, 57, apontado como autor do assassinato de sua companheira. O crime aconteceu no ano de 2000, há quase 20 anos.
Segundo o delegado Antônio Francisco, Wilson é natural do município de Euclides da Cunha (BA) e afirmou em depoimento que o casal vinha se desentendendo e que desconfiava que a esposa o traia, fato que o levou a matá-la por espancamento com um pedaço de madeira.
Logo após o crime, Wilson fugiu para o estado de Sergipe, onde viveu de forma tranquila, trabalhando como caseiro em propriedades rurais até ser preso. O criminoso se encontra detido na Delegacia de Umbaúba e sua prisão será comunicada a Justiça do estado vizinho.