No Dia Nacional da MPE, Banco do Nordeste comemora R$ 26,5 bilhões aplicados em dez anos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/10/2019 às 22:45:00

 

O Banco do Nordeste celebra o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, neste sábado (5), com R$ 26,5 bilhões investidos nos últimos dez anos no segmento. São mais de 667 mil operações na década, destinadas a contribuir com a dinamização da economia regional por meio da oferta de crédito a empreendedores dos nove Estados nordestinos e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Em 2019 já foram aplicados mais de R$ 2,5 bilhões, em 30,7 mil operações, e a expectativa da instituição é superar R$ 3,3 bilhões no ano.
Micro e pequenas empresas de Sergipe receberam mais de R$ 1,9 bilhões em dez anos, valor distribuído em 52 mil contratos. Em 2019 já são mais de R$ 132,4 milhões no Estado, em 1,5 mil operações.
O BNB conta, atualmente, com mais de 207 mil MPEs em sua carteira de clientes ativos e prepara para esse público uma série de ações durante o mês, com apresentações de soluções financeiras e facilidades tecnológicas focadas em tornar o atendimento cada vez mais célere.
O capital de giro digital é o destaque entre as novidades de outubro. Com ele, micro e pequenos empresários da área de atuação do Banco do Nordeste podem solicitar o recurso via internet banking com ainda mais agilidade no processo de concessão de crédito.
O Banco do Nordeste oferece recursos para aquisição de estoques, veículos e equipamentos, instalação e ampliação de unidades, modernização e redução de custos que permitam o incremento dos resultados.
Semana do Crédito - Também como parte da programação relativa ao Dia da Micro e Pequena Empresa, o BNB participa da Semana Nacional do Crédito, com taxas para capital de giro reduzidas, a partir de 0,4% ao mês. A ação é promovida pela Subsecretaria Nacional da Micro e Pequena Empresa, órgão ligado ao Ministério da Economia, com objetivo de ampliar o acesso ao crédito e promover regularização de operações em atraso. A programação da Semana Nacional do Crédito envolve consultorias gratuitas, palestras e rodada de renegociação de dívidas.

O Banco do Nordeste celebra o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, neste sábado (5), com R$ 26,5 bilhões investidos nos últimos dez anos no segmento. São mais de 667 mil operações na década, destinadas a contribuir com a dinamização da economia regional por meio da oferta de crédito a empreendedores dos nove Estados nordestinos e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Em 2019 já foram aplicados mais de R$ 2,5 bilhões, em 30,7 mil operações, e a expectativa da instituição é superar R$ 3,3 bilhões no ano.
Micro e pequenas empresas de Sergipe receberam mais de R$ 1,9 bilhões em dez anos, valor distribuído em 52 mil contratos. Em 2019 já são mais de R$ 132,4 milhões no Estado, em 1,5 mil operações.
O BNB conta, atualmente, com mais de 207 mil MPEs em sua carteira de clientes ativos e prepara para esse público uma série de ações durante o mês, com apresentações de soluções financeiras e facilidades tecnológicas focadas em tornar o atendimento cada vez mais célere.
O capital de giro digital é o destaque entre as novidades de outubro. Com ele, micro e pequenos empresários da área de atuação do Banco do Nordeste podem solicitar o recurso via internet banking com ainda mais agilidade no processo de concessão de crédito.O Banco do Nordeste oferece recursos para aquisição de estoques, veículos e equipamentos, instalação e ampliação de unidades, modernização e redução de custos que permitam o incremento dos resultados.

Semana do Crédito - Também como parte da programação relativa ao Dia da Micro e Pequena Empresa, o BNB participa da Semana Nacional do Crédito, com taxas para capital de giro reduzidas, a partir de 0,4% ao mês. A ação é promovida pela Subsecretaria Nacional da Micro e Pequena Empresa, órgão ligado ao Ministério da Economia, com objetivo de ampliar o acesso ao crédito e promover regularização de operações em atraso. A programação da Semana Nacional do Crédito envolve consultorias gratuitas, palestras e rodada de renegociação de dívidas.