PF apreende novo tipo de droga sintética em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A nova droga apreendida pela Polícia Federal em Aracaju
A nova droga apreendida pela Polícia Federal em Aracaju

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/10/2019 às 21:52:00

 

A Polícia Federal apre-
endeu ontem, em Ara-
caju, um novo tipo de droga sintética, vendida principalmente em shows e eventos de música eletrônica. Foram 99 comprimidos de MDMA com um novo princípio ativo: a catinona sintética (eutilona), um estimulante extraído de uma planta mascável originária da África Oriental, semelhante às folhas de coca. A droga, de acordo com o órgão, estava com um homem de 24 anos, que foi preso em flagrante junto com a namorada, uma adolescente de 16 anos. 
De acordo com a PF, os agentes cumpriram um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça estadual sergipana. Durante as buscas, os policiais encontraram inicialmente apenas o celular da jovem, enquanto o rapaz alegava que seu aparelho estava quebrado, mas o mesmo foi encontrado em cima do muro na parte dos fundos da residência e, segundo a polícia, se encontrava em perfeito estado de funcionamento.
"Foi encontrada também pequena quantidade de um pó branco, dentro da carteira pessoal do rapaz, tendo este afirmado que se tratava da droga MDMA porque preferia usar o pó diretamente a ter que usar os comprimidos de ecstasy, alegando que estes são misturados com substâncias que podem fazer mal à saúde. Também foram encontrados no quarto do casal uma pequena quantidade de maconha e um envelope timbrado pelos Correios contendo em seu interior 99 comprimidos.", diz o comunicado oficial da PF. 
A substância eutilona foi detectada nos comprimidos, após exames periciais da própria polícia, que informou que o material veio de Santa Catarina e foi apreendido pela primeira vez em Sergipe. "A fórmula original do ecstasy, antes conhecida como MDMA, vem sofrendo alterações. Na apreensão de hoje constatou-se a introdução de um novo princípio ativo, a catinona sintética", explica o órgão. 
O suspeito de portar as drogas foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e levado para a Superintendência da PF em Sergipe, no Siqueira Campos (zona oeste). Já a adolescente foi encaminhada para a Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e também irá responder por ato infracional análogo ao tráfico de drogas. 

A Polícia Federal apre- endeu ontem, em Ara- caju, um novo tipo de droga sintética, vendida principalmente em shows e eventos de música eletrônica. Foram 99 comprimidos de MDMA com um novo princípio ativo: a catinona sintética (eutilona), um estimulante extraído de uma planta mascável originária da África Oriental, semelhante às folhas de coca. A droga, de acordo com o órgão, estava com um homem de 24 anos, que foi preso em flagrante junto com a namorada, uma adolescente de 16 anos. 
De acordo com a PF, os agentes cumpriram um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça estadual sergipana. Durante as buscas, os policiais encontraram inicialmente apenas o celular da jovem, enquanto o rapaz alegava que seu aparelho estava quebrado, mas o mesmo foi encontrado em cima do muro na parte dos fundos da residência e, segundo a polícia, se encontrava em perfeito estado de funcionamento.
"Foi encontrada também pequena quantidade de um pó branco, dentro da carteira pessoal do rapaz, tendo este afirmado que se tratava da droga MDMA porque preferia usar o pó diretamente a ter que usar os comprimidos de ecstasy, alegando que estes são misturados com substâncias que podem fazer mal à saúde. Também foram encontrados no quarto do casal uma pequena quantidade de maconha e um envelope timbrado pelos Correios contendo em seu interior 99 comprimidos.", diz o comunicado oficial da PF. 
A substância eutilona foi detectada nos comprimidos, após exames periciais da própria polícia, que informou que o material veio de Santa Catarina e foi apreendido pela primeira vez em Sergipe. "A fórmula original do ecstasy, antes conhecida como MDMA, vem sofrendo alterações. Na apreensão de hoje constatou-se a introdução de um novo princípio ativo, a catinona sintética", explica o órgão. 
O suspeito de portar as drogas foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e levado para a Superintendência da PF em Sergipe, no Siqueira Campos (zona oeste). Já a adolescente foi encaminhada para a Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e também irá responder por ato infracional análogo ao tráfico de drogas.