Flavia Saraiva termina Mundial em 7º lugar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/10/2019 às 21:52:00

 

Com boas apresentações, especialmente na trave e no solo, a brasileira Flavia Saraiva conseguiu um ótimo resultado na final do individual geral do Campeonato Mundial de Ginástica Artística. No Hanns Martin Schleyer Halle, em Stuttgart (ALE), Flavinha terminou em sétimo lugar, somando a nota 55,732. Foi uma posição acima do que havia obtido no Mundial de 2018, em Doha (QAT), quando ficou em oitavo.
A prova da brasileira foi tão consistente que ela terminou com a terceira melhor nota do dia na trave (14,033) e a quarta melhor no solo (13,933). Flavia alcançou ainda as notas 14,666 no salto e 13,300 nas assimétricas. Flavinha, que já tem vaga no individual geral da Olimpíada de Tóquio-2020, terá ainda mais duas finais neste Mundial de Stuttgart, quando então somará um total de sete finais na carreira, com apenas 20 anos. No próximo domingo (13), ela participará das decisões da trave e do solo.
Ao final da participação, a brasileira festejou muito o resultado alcançado na Alemanha. "Para mim foi muito importante melhorar uma posição em relação ao Mundial do ano passado, praticamente um ponto. Também consegui melhorar algumas posições em relação ao classificatório. Pensei em um aparelho de cada vez durante a prova e isso foi importante. Venho trabalhando isso nos treinos. Agora, é focar nas finais por aparelho", disse Flavia, que ainda pretende acertar alguns pontos em suas séries da trave e do solo para domingo.

Com boas apresentações, especialmente na trave e no solo, a brasileira Flavia Saraiva conseguiu um ótimo resultado na final do individual geral do Campeonato Mundial de Ginástica Artística. No Hanns Martin Schleyer Halle, em Stuttgart (ALE), Flavinha terminou em sétimo lugar, somando a nota 55,732. Foi uma posição acima do que havia obtido no Mundial de 2018, em Doha (QAT), quando ficou em oitavo.
A prova da brasileira foi tão consistente que ela terminou com a terceira melhor nota do dia na trave (14,033) e a quarta melhor no solo (13,933). Flavia alcançou ainda as notas 14,666 no salto e 13,300 nas assimétricas. Flavinha, que já tem vaga no individual geral da Olimpíada de Tóquio-2020, terá ainda mais duas finais neste Mundial de Stuttgart, quando então somará um total de sete finais na carreira, com apenas 20 anos. No próximo domingo (13), ela participará das decisões da trave e do solo.
Ao final da participação, a brasileira festejou muito o resultado alcançado na Alemanha. "Para mim foi muito importante melhorar uma posição em relação ao Mundial do ano passado, praticamente um ponto. Também consegui melhorar algumas posições em relação ao classificatório. Pensei em um aparelho de cada vez durante a prova e isso foi importante. Venho trabalhando isso nos treinos. Agora, é focar nas finais por aparelho", disse Flavia, que ainda pretende acertar alguns pontos em suas séries da trave e do solo para domingo.