Ladrões roubam equipamentos da Deso em Salgado

Cidades

 

O abastecimento de água em Salgado (Centro-Sul) ficou prejudicado durante todo o dia de ontem, após uma invasão de criminosos à Estação de Tratamento de Água (ETA) mantida na cidade pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Os bandidos arrancaram e levaram vários objetos da unidade, como fios, cabos e dutos elétricos, transformadores, ferramentas, caixas de medição e chaves. O furto foi constatado por volta das 5h, quando funcionários que chegavam para trabalhar perceberam que o portão da unidade estava arrombado.
A Deso confirmou que o furto inviabilizou o funcionamento da estação, que capta e trata a água usada no abastecimento da população de Salgado. A companhia informou que caminhões-pipas foram acionados para garantir o abastecimento da cidade até a normalização do abastecimento, que deve acontecer no dia de hoje, quando os equipamentos furtados devem ser reinstalados.
Um boletim de ocorrência foi prestado pela empresa na Delegacia de Polícia de Salgado, que abriu inquérito para apurar o caso. Imagens de câmeras de segurança foram entregues para auxiliar nas investigações. A principal suspeita é de que os criminosos teriam roubado os materiais para revender os metais de ferro e cobre, que são muito procurados no mercado clandestino. Ainda de acordo com a Deso, uma segunda estação de tratamento, situada em Simão Dias (Centro-Sul), também teve seus equipamentos roubados nesta quarta-feira, em um caso que também está sendo investigado pela Polícia Civil. 

O abastecimento de água em Salgado (Centro-Sul) ficou prejudicado durante todo o dia de ontem, após uma invasão de criminosos à Estação de Tratamento de Água (ETA) mantida na cidade pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Os bandidos arrancaram e levaram vários objetos da unidade, como fios, cabos e dutos elétricos, transformadores, ferramentas, caixas de medição e chaves. O furto foi constatado por volta das 5h, quando funcionários que chegavam para trabalhar perceberam que o portão da unidade estava arrombado.
A Deso confirmou que o furto inviabilizou o funcionamento da estação, que capta e trata a água usada no abastecimento da população de Salgado. A companhia informou que caminhões-pipas foram acionados para garantir o abastecimento da cidade até a normalização do abastecimento, que deve acontecer no dia de hoje, quando os equipamentos furtados devem ser reinstalados.
Um boletim de ocorrência foi prestado pela empresa na Delegacia de Polícia de Salgado, que abriu inquérito para apurar o caso. Imagens de câmeras de segurança foram entregues para auxiliar nas investigações. A principal suspeita é de que os criminosos teriam roubado os materiais para revender os metais de ferro e cobre, que são muito procurados no mercado clandestino. Ainda de acordo com a Deso, uma segunda estação de tratamento, situada em Simão Dias (Centro-Sul), também teve seus equipamentos roubados nesta quarta-feira, em um caso que também está sendo investigado pela Polícia Civil. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS