Gabinete de crise dá orientações à população

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/10/2019 às 21:39:00

 

O Governo de Sergipe, por meio do Gabinete de Crise, reunido nesta sexta-feira (11), na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), informa as medidas adotadas pelo Executivo Estadual durante surgimento da substância oleosa no litoral do Nordeste:
Pesca - Está sendo feita coleta e monitoramento da qualidade do pescado, com envolvimento dos órgãos públicos estaduais: Secretaria de Estado da Agricultura Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa-SE), Instituto Tecnológico de Pesquisas do Estado de Sergipe, (IPTS) e diversos laboratórios do estado. Este monitoramento é feito periodicamente para fornecer um parecer preventivo para avaliação da qualidade do pescado para consumo.
Balneabilidade - A análise da água, feita periodicamente pela Administração Estadual de Meio Ambiente (Adema), atesta para balneabilidade, no entanto recomenda aos banhistas que evitem o contato com as manchas de óleo presentes no litoral.
Abastecimento público de água - A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), vem monitorando a qualidade da água para consumo humano em todos os locais de captação de água e, até o momento, não há risco de contaminação. A Companhia, inclusive, colocou preventivamente barreiras de proteção nos locais de captações de água.
Limpeza - O processo de limpeza, de retirada das manchas de óleo permanece sendo feito diariamente em toda a extensão do litoral sergipano por equipes das prefeituras de municípios atingidos, a exemplo de Aracaju e Barra dos Coqueiros e por cerca de 20 colaboradores da Petrobras. O material recolhido é enviado para uma unidade da Petrobras em Carmópolis, chamado Alto do Jericó. 
Monitoramento - O Governo de Sergipe, articulado com os municípios, continuará permanentemente vigilante quantos aos impactos da presença das manchas de óleo na foz dos rios que cortam o estado, inclusive na próxima segunda-feira (14)  uma equipe técnica do Gabinete de Crise, irá percorrer a foz do Rio Sergipe, saindo da Barra dos Coqueiros.

O Governo de Sergipe, por meio do Gabinete de Crise, reunido nesta sexta-feira (11), na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), informa as medidas adotadas pelo Executivo Estadual durante surgimento da substância oleosa no litoral do Nordeste:

Pesca - Está sendo feita coleta e monitoramento da qualidade do pescado, com envolvimento dos órgãos públicos estaduais: Secretaria de Estado da Agricultura Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa-SE), Instituto Tecnológico de Pesquisas do Estado de Sergipe, (IPTS) e diversos laboratórios do estado. Este monitoramento é feito periodicamente para fornecer um parecer preventivo para avaliação da qualidade do pescado para consumo.

Balneabilidade - A análise da água, feita periodicamente pela Administração Estadual de Meio Ambiente (Adema), atesta para balneabilidade, no entanto recomenda aos banhistas que evitem o contato com as manchas de óleo presentes no litoral.

Abastecimento público de água - A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), vem monitorando a qualidade da água para consumo humano em todos os locais de captação de água e, até o momento, não há risco de contaminação. A Companhia, inclusive, colocou preventivamente barreiras de proteção nos locais de captações de água.

Limpeza - O processo de limpeza, de retirada das manchas de óleo permanece sendo feito diariamente em toda a extensão do litoral sergipano por equipes das prefeituras de municípios atingidos, a exemplo de Aracaju e Barra dos Coqueiros e por cerca de 20 colaboradores da Petrobras. O material recolhido é enviado para uma unidade da Petrobras em Carmópolis, chamado Alto do Jericó. 

Monitoramento - O Governo de Sergipe, articulado com os municípios, continuará permanentemente vigilante quantos aos impactos da presença das manchas de óleo na foz dos rios que cortam o estado, inclusive na próxima segunda-feira (14)  uma equipe técnica do Gabinete de Crise, irá percorrer a foz do Rio Sergipe, saindo da Barra dos Coqueiros.