Dupla é presa com mais de R$ 1 mil notas falsificadas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
As notas falsas que foram apreendidas
As notas falsas que foram apreendidas

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/10/2019 às 22:26:00

 

Gabriel Damásio
Dois homens foram presos neste domingo com cerca de R$ 1.370 em notas falsificadas de dinheiro. Segundo a Polícia Militar, elas foram encontradas com Thiago Nogueira dos Santos e Reginaldo da Silva, detidos por soldados do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) no bairro Porto Dantas (zona norte de Aracaju). As equipes da unidade faziam uma patrulha na região e avistaram dois homens em atitude suspeita, escondendo algum objeto dentro de um carro parado na rua. 
Diante da situação, os militares fizeram uma abordagem aos suspeitos e encontraram com eles as notas falsas. Aos policiais, ambos alegaram terem comprado as cédulas falsas na chamada 'Feira das Trocas' por R$ 250,00. A suspeita é de que elas seriam usadas para compras no comércio. Thiago e Reginaldo foram conduzidos à Central de Flagrantes e autuados por falsificação de moedas. Ontem à tarde, os dois foram apresentados em audiência de custódia, mas o caso foi encaminhado à Justiça Federal, por se tratar de crime de competência federal. 
Drogas - Em outra ocorrência, militares do BPRp prenderam Adriano Ramos Alves e Adriano da Silva Santos, acusados de portar 15 pinos de cocaína e um celular com restrição de roubo. O caso ocorreu no sábado, no conjunto Marcos Freire III, em Nossa Senhora do Socorro. Os radiopatrulheiros realizavam ações de abordagem pelo município, quando, em deslocamento pelo Marcos Freire III, na Avenida Coletora D, avistaram dois indivíduos em um Fiat Uno. Ao notarem a presença policial, eles apresentaram grande nervosismo.
Diante da atitude suspeita da dupla, os militares realizaram uma aproximação e iniciaram com os procedimentos de abordagem e identificação. Com Adriano Ramos, que estava em liberdade condicional, e com Adriano da Silva foram encontrados 15 cápsulas de cocaína e um celular que, após consulta na base de dados da SSP, constatou-se possuir restrição de roubo. O veículo, os materiais apreendidos e os suspeitos foram conduzidos à Central de Flagrantes para que as medidas cabíveis fossem adotadas.

Gabriel Damásio

Dois homens foram presos neste domingo com cerca de R$ 1.370 em notas falsificadas de dinheiro. Segundo a Polícia Militar, elas foram encontradas com Thiago Nogueira dos Santos e Reginaldo da Silva, detidos por soldados do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) no bairro Porto Dantas (zona norte de Aracaju). As equipes da unidade faziam uma patrulha na região e avistaram dois homens em atitude suspeita, escondendo algum objeto dentro de um carro parado na rua. 
Diante da situação, os militares fizeram uma abordagem aos suspeitos e encontraram com eles as notas falsas. Aos policiais, ambos alegaram terem comprado as cédulas falsas na chamada 'Feira das Trocas' por R$ 250,00. A suspeita é de que elas seriam usadas para compras no comércio. Thiago e Reginaldo foram conduzidos à Central de Flagrantes e autuados por falsificação de moedas. Ontem à tarde, os dois foram apresentados em audiência de custódia, mas o caso foi encaminhado à Justiça Federal, por se tratar de crime de competência federal. 

Drogas - Em outra ocorrência, militares do BPRp prenderam Adriano Ramos Alves e Adriano da Silva Santos, acusados de portar 15 pinos de cocaína e um celular com restrição de roubo. O caso ocorreu no sábado, no conjunto Marcos Freire III, em Nossa Senhora do Socorro. Os radiopatrulheiros realizavam ações de abordagem pelo município, quando, em deslocamento pelo Marcos Freire III, na Avenida Coletora D, avistaram dois indivíduos em um Fiat Uno. Ao notarem a presença policial, eles apresentaram grande nervosismo.
Diante da atitude suspeita da dupla, os militares realizaram uma aproximação e iniciaram com os procedimentos de abordagem e identificação. Com Adriano Ramos, que estava em liberdade condicional, e com Adriano da Silva foram encontrados 15 cápsulas de cocaína e um celular que, após consulta na base de dados da SSP, constatou-se possuir restrição de roubo. O veículo, os materiais apreendidos e os suspeitos foram conduzidos à Central de Flagrantes para que as medidas cabíveis fossem adotadas.