Presos mais três acusados de torturar idoso em Tobias

Cidades

 

Policiais civis lotados na Delegacia de Tobias Barreto cumpriram ante ontem três mandados de prisão contra suspeitos de tentativa de latrocínio e tortura.  Eles se referem a um assalto ocorrido em 30 de agosto deste ano, quando um idoso de 76 anos teve sua casa invadida e foi torturado no povoado Jabeberi, zona rural de Tobias Barreto. Um suspeito já havia sido preso e um adolescente de 16 anos foi apreendido. 
De acordo com a polícia, o crime foi premeditado após a visita do pedreiro Clenilson Rulfino dos Santos, que esteve na casa da vítima. "Quinze dias antes do roubo, Clenilson , fez um trabalho de alvenaria na casa da vítima.  Durante esse trabalho, ele constatou que o idoso guardava uma quantia razoável de dinheiro em casa e entrou em contato com os assaltantes", explica o delegado responsável pela investigação, Fábio Pimentel.
Ainda de acordo com as informações, Clenilson, mandante do assalto, indicou a vulnerabilidade da vítima e a provável localidade do dinheiro para os suspeitos identificados como Carlos Daniel Santos Menezes, o 'Boninho'; Ricardo Nascimento Cruz, o 'Gangão'; José Cláudio dos Santos, o 'Fole'; Matias Santos de Almeida, o 'Bibiu', e o adolescente. "Na madrugada do dia 30 de agosto, os meliantes entraram na casa acompanhados de um adolescente arrombaram a porta da casa, encontraram a vítima dormindo, procuraram o dinheiro, mas não encontraram", esclarece Pimentel.
Segundo o inquérito policial, o idoso, realmente, não estava com dinheiro em casa, assim os suspeitos começaram a torturá-lo. "Eles pegaram um saco plástico e sufocaram a vítima que desmaiou, eles por imaginarem que a vítima tinha morrido, fugiram do local.", explica o delegado. No dia seguinte ao crime, o suspeito identificado como Daniel, foi preso e o adolescente apreendido. Os dois confessaram a autoria do delito, e indicaram o nome de Clenilson como mandante do assalto.
Os outros três suspeitos, 'Boninho', 'Bibiu' e 'Fole', também eram residentes do povoado onde a vítima mora. "Durante a investigação, foi comprovado o envolvimento dos suspeitos Ricardo, José Cláudio e Matias. O Ministério Público e o Judiciário concordaram com os pedidos de mandado de prisão que foram cumpridos na terça. Ainda no cumprimento do mandado, Ricardo tentou fugir pelo fundo, mas como já esperávamos essa reação, havia uma equipe no fundo já esperando e ele foi contido e não foi necessário usar uma força mais drástica.", explica Fábio Pimentel. 
O único suspeito foragido é o pedreiro Clenilson, que durante o cumprimento do mandado de prisão, não se encontrava em casa.  A Polícia Civil agradece a colaboração da comunidade e reafirma a importância do Disque Denúncia 181. O sigilo é garantido.

Policiais civis lotados na Delegacia de Tobias Barreto cumpriram ante ontem três mandados de prisão contra suspeitos de tentativa de latrocínio e tortura.  Eles se referem a um assalto ocorrido em 30 de agosto deste ano, quando um idoso de 76 anos teve sua casa invadida e foi torturado no povoado Jabeberi, zona rural de Tobias Barreto. Um suspeito já havia sido preso e um adolescente de 16 anos foi apreendido. 
De acordo com a polícia, o crime foi premeditado após a visita do pedreiro Clenilson Rulfino dos Santos, que esteve na casa da vítima. "Quinze dias antes do roubo, Clenilson , fez um trabalho de alvenaria na casa da vítima.  Durante esse trabalho, ele constatou que o idoso guardava uma quantia razoável de dinheiro em casa e entrou em contato com os assaltantes", explica o delegado responsável pela investigação, Fábio Pimentel.
Ainda de acordo com as informações, Clenilson, mandante do assalto, indicou a vulnerabilidade da vítima e a provável localidade do dinheiro para os suspeitos identificados como Carlos Daniel Santos Menezes, o 'Boninho'; Ricardo Nascimento Cruz, o 'Gangão'; José Cláudio dos Santos, o 'Fole'; Matias Santos de Almeida, o 'Bibiu', e o adolescente. "Na madrugada do dia 30 de agosto, os meliantes entraram na casa acompanhados de um adolescente arrombaram a porta da casa, encontraram a vítima dormindo, procuraram o dinheiro, mas não encontraram", esclarece Pimentel.
Segundo o inquérito policial, o idoso, realmente, não estava com dinheiro em casa, assim os suspeitos começaram a torturá-lo. "Eles pegaram um saco plástico e sufocaram a vítima que desmaiou, eles por imaginarem que a vítima tinha morrido, fugiram do local.", explica o delegado. No dia seguinte ao crime, o suspeito identificado como Daniel, foi preso e o adolescente apreendido. Os dois confessaram a autoria do delito, e indicaram o nome de Clenilson como mandante do assalto.
Os outros três suspeitos, 'Boninho', 'Bibiu' e 'Fole', também eram residentes do povoado onde a vítima mora. "Durante a investigação, foi comprovado o envolvimento dos suspeitos Ricardo, José Cláudio e Matias. O Ministério Público e o Judiciário concordaram com os pedidos de mandado de prisão que foram cumpridos na terça. Ainda no cumprimento do mandado, Ricardo tentou fugir pelo fundo, mas como já esperávamos essa reação, havia uma equipe no fundo já esperando e ele foi contido e não foi necessário usar uma força mais drástica.", explica Fábio Pimentel. 
O único suspeito foragido é o pedreiro Clenilson, que durante o cumprimento do mandado de prisão, não se encontrava em casa.  A Polícia Civil agradece a colaboração da comunidade e reafirma a importância do Disque Denúncia 181. O sigilo é garantido.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS