Prefeito assina contrato de R$ 300 milhões com o BID

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A CERIMÔNIA FOI REALIZADA ONTEM DE MANHÃ, NA SEDE DO BANCO, EM BRASÍLIA, COM A PARTICIPAÇÃO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS E DA DIRETORIA DO BANCO; RECURSOS SERÃO USADOS PARA OBRAS
A CERIMÔNIA FOI REALIZADA ONTEM DE MANHÃ, NA SEDE DO BANCO, EM BRASÍLIA, COM A PARTICIPAÇÃO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS E DA DIRETORIA DO BANCO; RECURSOS SERÃO USADOS PARA OBRAS

Aspecto da cerimônia de assinatura do convênio, realizada na sede do BID, em Brasília
Aspecto da cerimônia de assinatura do convênio, realizada na sede do BID, em Brasília

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/11/2019 às 21:59:00

 

Aracaju firmou, nesta 
quinta-feira, um finan-
ciamento histórico de R$ 300 milhões com o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID). Este montante será utilizado no programa de requalificação urbana "Construindo para o futuro", que prevê um conjunto de obras estruturantes na cidade. Em solenidade na sede da instituição financeira, em Brasília, o prefeito Edvaldo Nogueira e o presidente do banco no Brasil, Hugo Flórez, assinaram o convênio que permitirá à Prefeitura acessar os recursos. Esta é a segunda vez que Edvaldo conquista recursos do BID para a capital sergipana.
"Fui o prefeito que assinou o primeiro contrato com o BID, há seis anos, no meu mandato anterior, quando liberamos R$ 50 milhões, e, mais uma vez, sou o prefeito que assina a liberação de R$ 300 milhões, um aumento significativo. Naquela época, os recursos assegurados nos permitiram realizar grandes obras na cidade, que colaboraram para o salto de desenvolvimento que Aracaju deu. Construímos escolas, viadutos, pontes, equipamentos sociais, ou seja, avançamos em todos os setores. Agora, volto a assinar esse contrato com o banco que garantirá recursos fundamentais e que vai nos permitir realizar um projeto grandioso", destacou Edvaldo.
O prefeito prosseguiu: "Isso é muito importante e me dá uma responsabilidade ainda maior. Vamos construir obras de longo alcance, como a avenida Perimetral Oeste, que vai marcar a cidade e trazer resultados extraordinários, resolvendo graves problemas da mobilidade, ligando Aracaju a Socorro pela Zona Oeste e resolvendo um entrave no fluxo de veículos. Quando estiver pronta, esta avenida será um vetor do desenvolvimento, porque, com certeza, as pessoas vão empreender em seu entorno. Além disso, vamos construir praças, escolas, unidades de saúde, especialmente nas áreas que mais precisam. Vamos ainda revitalizar o Parque da Sementeira e construir uma nova área de lazer na cidade, na Reserva do rio Poxim, já que uma parte dos recursos é destinada a essa área de preservação. Então estou muito feliz. É uma sensação maravilhosa", comemorou.
Durante a assinatura do contrato, Edvaldo reiterou que, o novo convênio demonstra que a atual administração "está seguindo pelo caminho certo". "Nos mostra que todos os esforços empreendidos, desde que retornamos à Prefeitura, valeram a pena. Encontramos a gestão com dívidas, déficit financeiro, a cidade completamente suja, desordenada, e corremos atrás, enfrentamos os problemas para transformar essa realidade. A cidade deu uma reviravolta positiva e agora, com a assinatura deste contrato, garantindo recursos para a realização de novas obras nos próximos anos, alcançamos uma grande vitória. Mostra que o planejamento é o caminho para os avanços", reforçou.
"Melhorar vidas" - O presidente do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) no Brasil, Hugo Flórez, também comemorou o novo convênio com a Prefeitura de Aracaju. "A gente vinha acompanhando o desenvolvimento de Aracaju e todo o processo de mudança que a cidade vem passando. Entendemos a necessidade de consolidar todo esse processo que Aracaju empreendeu e que nós obviamente apoiamos e reconhecemos. Há um esforço grande do prefeito, sua equipe além de uma afinada posição de Aracaju para mudar e melhorar vidas. Como comentou o prefeito, são recursos que vão colaborar com o desenvolvimento, sustentabilidade, moradia, mobilidade urbana. São áreas importantes que serão transformadas", constatou.
Ele também apontou a capacidade administrativa e a organização da Prefeitura como essenciais para a liberação dos recursos. "Está é a segunda vez que firmamos esse contrato com Aracaju porque a cidade cumpriu com todo o projeto e honrou com os processos. Esse contrato é algo que toma tempo, por isso esse processo de acompanhamento. E como na primeira, temos certeza de que tudo dará certo e de que a cidade continuará caminhando para o desenvolvimento. Então, parabéns para Aracaju", ressaltou.
As obras - A principal obra que receberá recursos do financiamento é a construção da avenida Perimetral Oeste, que desafogará o trânsito na avenida Euclides Figueiredo, zona Norte. O projeto inclui ainda a urbanização e melhoria das condições socioambientais, de infraestrutura e de mobilidade urbana da cidade. Também estão previstas a construção de unidades habitacionais, escolas, equipamentos de saúde e de assistência social, praças, a revitalização completa do Parque Augusto Franco (Sementeira) e a criação do Parque Ecológico Poxim.

Aracaju firmou, nesta  quinta-feira, um finan- ciamento histórico de R$ 300 milhões com o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID). Este montante será utilizado no programa de requalificação urbana "Construindo para o futuro", que prevê um conjunto de obras estruturantes na cidade. Em solenidade na sede da instituição financeira, em Brasília, o prefeito Edvaldo Nogueira e o presidente do banco no Brasil, Hugo Flórez, assinaram o convênio que permitirá à Prefeitura acessar os recursos. Esta é a segunda vez que Edvaldo conquista recursos do BID para a capital sergipana.
"Fui o prefeito que assinou o primeiro contrato com o BID, há seis anos, no meu mandato anterior, quando liberamos R$ 50 milhões, e, mais uma vez, sou o prefeito que assina a liberação de R$ 300 milhões, um aumento significativo. Naquela época, os recursos assegurados nos permitiram realizar grandes obras na cidade, que colaboraram para o salto de desenvolvimento que Aracaju deu. Construímos escolas, viadutos, pontes, equipamentos sociais, ou seja, avançamos em todos os setores. Agora, volto a assinar esse contrato com o banco que garantirá recursos fundamentais e que vai nos permitir realizar um projeto grandioso", destacou Edvaldo.
O prefeito prosseguiu: "Isso é muito importante e me dá uma responsabilidade ainda maior. Vamos construir obras de longo alcance, como a avenida Perimetral Oeste, que vai marcar a cidade e trazer resultados extraordinários, resolvendo graves problemas da mobilidade, ligando Aracaju a Socorro pela Zona Oeste e resolvendo um entrave no fluxo de veículos. Quando estiver pronta, esta avenida será um vetor do desenvolvimento, porque, com certeza, as pessoas vão empreender em seu entorno. Além disso, vamos construir praças, escolas, unidades de saúde, especialmente nas áreas que mais precisam. Vamos ainda revitalizar o Parque da Sementeira e construir uma nova área de lazer na cidade, na Reserva do rio Poxim, já que uma parte dos recursos é destinada a essa área de preservação. Então estou muito feliz. É uma sensação maravilhosa", comemorou.
Durante a assinatura do contrato, Edvaldo reiterou que, o novo convênio demonstra que a atual administração "está seguindo pelo caminho certo". "Nos mostra que todos os esforços empreendidos, desde que retornamos à Prefeitura, valeram a pena. Encontramos a gestão com dívidas, déficit financeiro, a cidade completamente suja, desordenada, e corremos atrás, enfrentamos os problemas para transformar essa realidade. A cidade deu uma reviravolta positiva e agora, com a assinatura deste contrato, garantindo recursos para a realização de novas obras nos próximos anos, alcançamos uma grande vitória. Mostra que o planejamento é o caminho para os avanços", reforçou.

"Melhorar vidas" - O presidente do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) no Brasil, Hugo Flórez, também comemorou o novo convênio com a Prefeitura de Aracaju. "A gente vinha acompanhando o desenvolvimento de Aracaju e todo o processo de mudança que a cidade vem passando. Entendemos a necessidade de consolidar todo esse processo que Aracaju empreendeu e que nós obviamente apoiamos e reconhecemos. Há um esforço grande do prefeito, sua equipe além de uma afinada posição de Aracaju para mudar e melhorar vidas. Como comentou o prefeito, são recursos que vão colaborar com o desenvolvimento, sustentabilidade, moradia, mobilidade urbana. São áreas importantes que serão transformadas", constatou.
Ele também apontou a capacidade administrativa e a organização da Prefeitura como essenciais para a liberação dos recursos. "Está é a segunda vez que firmamos esse contrato com Aracaju porque a cidade cumpriu com todo o projeto e honrou com os processos. Esse contrato é algo que toma tempo, por isso esse processo de acompanhamento. E como na primeira, temos certeza de que tudo dará certo e de que a cidade continuará caminhando para o desenvolvimento. Então, parabéns para Aracaju", ressaltou.

As obras -
A principal obra que receberá recursos do financiamento é a construção da avenida Perimetral Oeste, que desafogará o trânsito na avenida Euclides Figueiredo, zona Norte. O projeto inclui ainda a urbanização e melhoria das condições socioambientais, de infraestrutura e de mobilidade urbana da cidade. Também estão previstas a construção de unidades habitacionais, escolas, equipamentos de saúde e de assistência social, praças, a revitalização completa do Parque Augusto Franco (Sementeira) e a criação do Parque Ecológico Poxim.