Vereador Camilo lança Frente Parlamentar do Meio Ambiente

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O vereador Camilo na tribuna da Câmara Municipal
O vereador Camilo na tribuna da Câmara Municipal

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/11/2019 às 22:06:00

 

Em audiência pública que será realizada na próxima segunda feira (11), às 9h, na Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA), o vereador Camilo Lula (PT) fará o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Meio Ambiente. No mesmo ato será discutido o efeitos do maior crime ambiental do país: o derramamento de óleo nas praias de todo o Nordeste Brasileiro. O evento contará com a presença do coordenador da comissão externa de investigação do derramamento de óleo no litoral brasileiro da Câmara Federal dos Deputados, João Daniel (PT/SE).
Em seu pronunciamento na CMA o vereador Camilo lembrou que o Governo Federal realiza, hoje, o leilão do pré-sal, a expectativa é que seja arrecadado 106,56 bilhões pela venda das quatro áreas da bacia de Santos (RJ), mas Camilo explicou que o país está perdendo mais um trilhão com essa venda e que tem tecnologia para que o óleo seja explorado.
"A venda do pré-sal é um ataque frontal à soberania do país. O governo federal publiciza que está arrecadando bilhões e que esse dinheiro será dividido entre os municípios e estados, mas a verdade é que poderíamos arrecadar mais de um trilhão se esse óleo, ao invés de vendido, fosse explorado por nós mesmos, eu estou falando de milhares de pessoas desempregadas que poderiam estar trabalhado nessa exploração, um lucro líquido absurdamente alto e o governo simplesmente entrega as nossas riquezas de mãos beijadas à iniciativa privada, uma exploração que só beneficiará o capital estrangeiro", denuncia o vereador.
Camilo também está preocupado com a limpeza das praias do nordeste e com a mitigação dos impactos ambientais. "A gente tem uma tecnologia avançada de satélites e ninguém descobre o responsável por acabar com o turismo no Nordeste esse ano, como pode isso? Como pode 60 dias depois do início do desastre ninguém ser responsabilizado? O que está sendo feito pelos pescadores, hotéis, pela fauna marinha? Mais do que nunca a Frente Parlamentar do Meio Ambiente é necessária e eu convido toda a população de Aracaju para estar conosco", afirma Camilo.

Em audiência pública que será realizada na próxima segunda feira (11), às 9h, na Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA), o vereador Camilo Lula (PT) fará o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Meio Ambiente. No mesmo ato será discutido o efeitos do maior crime ambiental do país: o derramamento de óleo nas praias de todo o Nordeste Brasileiro. O evento contará com a presença do coordenador da comissão externa de investigação do derramamento de óleo no litoral brasileiro da Câmara Federal dos Deputados, João Daniel (PT/SE).
Em seu pronunciamento na CMA o vereador Camilo lembrou que o Governo Federal realiza, hoje, o leilão do pré-sal, a expectativa é que seja arrecadado 106,56 bilhões pela venda das quatro áreas da bacia de Santos (RJ), mas Camilo explicou que o país está perdendo mais um trilhão com essa venda e que tem tecnologia para que o óleo seja explorado.
"A venda do pré-sal é um ataque frontal à soberania do país. O governo federal publiciza que está arrecadando bilhões e que esse dinheiro será dividido entre os municípios e estados, mas a verdade é que poderíamos arrecadar mais de um trilhão se esse óleo, ao invés de vendido, fosse explorado por nós mesmos, eu estou falando de milhares de pessoas desempregadas que poderiam estar trabalhado nessa exploração, um lucro líquido absurdamente alto e o governo simplesmente entrega as nossas riquezas de mãos beijadas à iniciativa privada, uma exploração que só beneficiará o capital estrangeiro", denuncia o vereador.
Camilo também está preocupado com a limpeza das praias do nordeste e com a mitigação dos impactos ambientais. "A gente tem uma tecnologia avançada de satélites e ninguém descobre o responsável por acabar com o turismo no Nordeste esse ano, como pode isso? Como pode 60 dias depois do início do desastre ninguém ser responsabilizado? O que está sendo feito pelos pescadores, hotéis, pela fauna marinha? Mais do que nunca a Frente Parlamentar do Meio Ambiente é necessária e eu convido toda a população de Aracaju para estar conosco", afirma Camilo.