Polícia apreende R$ 17 mil em dinheiro em local de tráfico

Geral


  • O DINHEIRO FOI APREENDIDO EM IMÓVEL DENUNCIADO COMO PONTO DE TRÁFICO

 

Gabriel Damásio
Agentes do Departa-
mento de Narcóti-
cos (Denarc) da Polícia Civil apreenderam R$ 17 mil em dinheiro, nesta terça-feira, em uma residência no bairro Coroa do Meio (zona sul de Aracaju), que foi apontada como ponto de venda de drogas. Os policiais estiveram no local para averiguar a denúncia de que em uma residência da localidade armazenava entorpecentes, dinheiro e armas. 
Segundo o delegado Osvaldo Rezende, não foram encontrados suspeitos na residência, mas o material apreendido aponta para fortes indícios de forte comercialização de drogas, os quais serão devidamente analisados em inquérito policial. 
No local, além dos R$ 17.226,00, foram encontrados e apreendidos uma pistola Taurus calibre ponto 40 e um carregador com 14 munições, um carregador para pistola Glock calibre .380, acompanhado de 14 munições, 23 munições calibre .380, um simulacro de pistola, 360 gramas de maconha e haxixe, um rolo de papel filme utilizado para embalar a droga, um canivete com cabo de madeira usado para fracionar os narcóticos, e diversos documentos.
Os materiais encontrados irão passar por perícias para chegar a identificação dos envolvidos. Informações sobre os donos desse material podem ser repassadas para o Disque Denúncia 181.
Suspeito armado - Em outra diligência, no bairro Olaria (zona oeste), o Denarc prendeu Gabriel Pimentel Figueira Reis, 22. Segundo o delegado André Baronto, a equipe de investigação do Denarc recebeu denúncias indicando que um homem portava arma de fogo na travessa Manoel Messias, bem como que o mesmo utilizava tornozeleira eletrônica.
A equipe deslocou-se para o local indicado na denúncia, localizando o suspeito em via pública que, ao visualizar a viatura policial, tentou se desfazer de um revólver, mas foi preso e a arma de fogo apreendida. Foi constatado que o preso já foi condenado por roubo e respondia a outras ações penais em liberdade, inclusive estava usando tornozeleira eletrônica em cumprimento a uma medida protetiva relacionada à violência doméstica.

Gabriel Damásio

Agentes do Departa- mento de Narcóti- cos (Denarc) da Polícia Civil apreenderam R$ 17 mil em dinheiro, nesta terça-feira, em uma residência no bairro Coroa do Meio (zona sul de Aracaju), que foi apontada como ponto de venda de drogas. Os policiais estiveram no local para averiguar a denúncia de que em uma residência da localidade armazenava entorpecentes, dinheiro e armas. 
Segundo o delegado Osvaldo Rezende, não foram encontrados suspeitos na residência, mas o material apreendido aponta para fortes indícios de forte comercialização de drogas, os quais serão devidamente analisados em inquérito policial. 
No local, além dos R$ 17.226,00, foram encontrados e apreendidos uma pistola Taurus calibre ponto 40 e um carregador com 14 munições, um carregador para pistola Glock calibre .380, acompanhado de 14 munições, 23 munições calibre .380, um simulacro de pistola, 360 gramas de maconha e haxixe, um rolo de papel filme utilizado para embalar a droga, um canivete com cabo de madeira usado para fracionar os narcóticos, e diversos documentos.
Os materiais encontrados irão passar por perícias para chegar a identificação dos envolvidos. Informações sobre os donos desse material podem ser repassadas para o Disque Denúncia 181.

Suspeito armado - Em outra diligência, no bairro Olaria (zona oeste), o Denarc prendeu Gabriel Pimentel Figueira Reis, 22. Segundo o delegado André Baronto, a equipe de investigação do Denarc recebeu denúncias indicando que um homem portava arma de fogo na travessa Manoel Messias, bem como que o mesmo utilizava tornozeleira eletrônica.
A equipe deslocou-se para o local indicado na denúncia, localizando o suspeito em via pública que, ao visualizar a viatura policial, tentou se desfazer de um revólver, mas foi preso e a arma de fogo apreendida. Foi constatado que o preso já foi condenado por roubo e respondia a outras ações penais em liberdade, inclusive estava usando tornozeleira eletrônica em cumprimento a uma medida protetiva relacionada à violência doméstica.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS