Sergipe inicia trabalhos pela parte física

Esporte


 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O Sergipe iniciou pré-
temporada na últi-
ma segunda-feira e treinador Fernando Dourado, pretende primeiro incentivar a parte física, fazer constantes avaliações e treinamentos para depois cuidar da parte tática e dos treinos com bola. Assim esses primeiros dias de trabalho serão conduzidos pelo professor Carlos Alberto, Carlinhos, que continua como preparador físico da equipe. Trabalhos com bola só depois da segunda semana de treinamentos.
Carlos Alberto, destacou que esse trabalho e de grande importância, pois objetiva conhecer a situação física de cada jogador para a evolução dos treinos e manutenção durante toda a temporada.
- Temos aí uma pré-temporada de aproximadamente seis semanas. Vamos explorar a avaliação física nesse início para saber a condição de cada atleta. O objetivo é dar uma boa base para que os atletas iniciem o campeonato já em ritmo de competição - explicou Carlos Alberto.
Por sua vez, o técnico Fernando Dourado afirmou que pretende integrar os treinos físicos com bola a partir da próxima semana. Além disso, o objetivo é realizar até três amistosos nesse período de preparação para o Estadual.
- Na primeira semana, estamos trabalhando a parte física. Já na segunda semana, vamos entrar com os treinamentos integrados da parte técnica com a física, e a partir daí a parte sistêmica, que são os modelos de jogos, e a parte analítica, que são situações curtas de jogo, definição de última bola - disse o treinador. 
No momento, o elenco do Sergipe conta com 22 atletas. Da lista de reforços anunciada pela diretoria rubra, o zagueiro Breno e o atacante Max Pardalzinho não foram apresentados, no estádio João Hora.
Nesta quarta-feira (4), a diretoria rubra publicou uma nota oficial explicando a intempestiva saída do atleta Breno e encerra a nota afirmando que a diretoria está tomando as providencias judiciais cabíveis. 

O Sergipe iniciou pré- temporada na últi- ma segunda-feira e treinador Fernando Dourado, pretende primeiro incentivar a parte física, fazer constantes avaliações e treinamentos para depois cuidar da parte tática e dos treinos com bola. Assim esses primeiros dias de trabalho serão conduzidos pelo professor Carlos Alberto, Carlinhos, que continua como preparador físico da equipe. Trabalhos com bola só depois da segunda semana de treinamentos.
Carlos Alberto, destacou que esse trabalho e de grande importância, pois objetiva conhecer a situação física de cada jogador para a evolução dos treinos e manutenção durante toda a temporada.
- Temos aí uma pré-temporada de aproximadamente seis semanas. Vamos explorar a avaliação física nesse início para saber a condição de cada atleta. O objetivo é dar uma boa base para que os atletas iniciem o campeonato já em ritmo de competição - explicou Carlos Alberto.
Por sua vez, o técnico Fernando Dourado afirmou que pretende integrar os treinos físicos com bola a partir da próxima semana. Além disso, o objetivo é realizar até três amistosos nesse período de preparação para o Estadual.
- Na primeira semana, estamos trabalhando a parte física. Já na segunda semana, vamos entrar com os treinamentos integrados da parte técnica com a física, e a partir daí a parte sistêmica, que são os modelos de jogos, e a parte analítica, que são situações curtas de jogo, definição de última bola - disse o treinador. 
No momento, o elenco do Sergipe conta com 22 atletas. Da lista de reforços anunciada pela diretoria rubra, o zagueiro Breno e o atacante Max Pardalzinho não foram apresentados, no estádio João Hora.
Nesta quarta-feira (4), a diretoria rubra publicou uma nota oficial explicando a intempestiva saída do atleta Breno e encerra a nota afirmando que a diretoria está tomando as providencias judiciais cabíveis. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS