Prefeitura entrega 150 kits com fardamentos para Agentes Comunitários de Saúde

Geral


  • Prefeitura DISTRIBUIU 150 kits com equipamentos que darão suporte ao trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde

  • Aspecto da cerimônia realizada em São Cristóvão

 

A Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde entregou na manhã desta segunda-feira (9), no Sergipetec, 150 kits com equipamentos que darão suporte ao trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município. Os kits são compostos por fardamento (camisa de manga longa, camisa de manga curta, camisa de proteção UV, bonés), mochilas, balança suspensa para crianças até dois anos, balança portátil, fita métrica, disco de IMC, prancheta e outros materiais que vão proporcionar segurança no trabalho, identificação dos ACS pelos usuários e melhoria da qualidade na assistência prestada.
O prefeito Marcos Santana esteve presente durante a entrega dos equipamentos e destacou o esforço que a gestão municipal vem fazendo para melhorar os serviços da saúde, enfatizando a importância da atuação dos agentes no município. "Estamos cumprindo mais uma etapa daquilo que nos propusemos a fazer a frente da gestão municipal quando fomos às ruas para buscar administrar essa cidade. Os agentes comunitários são uma peça importante nessa engrenagem da universalização do acesso à saúde, porque são eles que chegam aos locais mais distantes. Temos a certeza que com esse novo equipamento e com a vontade deles de continuarem atuando, as ações na área de saúde serão desenvolvidas cada vez mais em todos os cantos dessa cidade".
De acordo com a secretária de saúde, Fernanda Santana, entre recursos próprios e do Governo Federal, foram investidos 73 mil reais para aquisição do material. Ela lembrou ainda que em agosto os agentes também receberam tablets com o aplicativo e-SUS AB Território, que permite a coleta de informações da população de forma rápida e eficiente. Somados, os valores das aquisições totalizam 173 mil.
"Essa era uma dívida que nós tínhamos com os agentes. São instrumentos importantes para que eles possam exercer bem a sua profissão. Além disso, nós trazemos uma preocupação que é com o novo modelo de financiamento do SUS, que tem a questão da importância dos cadastros. O Ministério da Saúde só irá repassar para os municípios o financiamento referente aos cadastros, ou seja, toda a população sancristovense precisa estar cadastrada, sem isso o nosso repasse será reduzido. Reconhecemos a importância dos agentes, sabemos que precisamos dar todas as condições para o trabalho deles e essa entrega vem neste sentido, de fortalecer essa categoria e que eles possam ajudar a fortalecer o Sistema Único de Saúde em nível local", declarou a secretária.
Alex de Almeida, que atua como agente comunitário há 12 anos, destacou a importância que o equipamento terá no trabalho com a população. "Essa era uma reivindicação antiga nossa, porque nós sempre trabalhamos e nunca tivemos EPI, só na gestão do prefeito Marcos Santana que isso foi concretizado. Antigamente tínhamos apenas uma balança por equipe, e agora temos isso de forma individualizada, o que vai facilitar nosso trabalho no dia a dia com a comunidade", destacou.

A Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde entregou na manhã desta segunda-feira (9), no Sergipetec, 150 kits com equipamentos que darão suporte ao trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município. Os kits são compostos por fardamento (camisa de manga longa, camisa de manga curta, camisa de proteção UV, bonés), mochilas, balança suspensa para crianças até dois anos, balança portátil, fita métrica, disco de IMC, prancheta e outros materiais que vão proporcionar segurança no trabalho, identificação dos ACS pelos usuários e melhoria da qualidade na assistência prestada.
O prefeito Marcos Santana esteve presente durante a entrega dos equipamentos e destacou o esforço que a gestão municipal vem fazendo para melhorar os serviços da saúde, enfatizando a importância da atuação dos agentes no município. "Estamos cumprindo mais uma etapa daquilo que nos propusemos a fazer a frente da gestão municipal quando fomos às ruas para buscar administrar essa cidade. Os agentes comunitários são uma peça importante nessa engrenagem da universalização do acesso à saúde, porque são eles que chegam aos locais mais distantes. Temos a certeza que com esse novo equipamento e com a vontade deles de continuarem atuando, as ações na área de saúde serão desenvolvidas cada vez mais em todos os cantos dessa cidade".
De acordo com a secretária de saúde, Fernanda Santana, entre recursos próprios e do Governo Federal, foram investidos 73 mil reais para aquisição do material. Ela lembrou ainda que em agosto os agentes também receberam tablets com o aplicativo e-SUS AB Território, que permite a coleta de informações da população de forma rápida e eficiente. Somados, os valores das aquisições totalizam 173 mil.
"Essa era uma dívida que nós tínhamos com os agentes. São instrumentos importantes para que eles possam exercer bem a sua profissão. Além disso, nós trazemos uma preocupação que é com o novo modelo de financiamento do SUS, que tem a questão da importância dos cadastros. O Ministério da Saúde só irá repassar para os municípios o financiamento referente aos cadastros, ou seja, toda a população sancristovense precisa estar cadastrada, sem isso o nosso repasse será reduzido. Reconhecemos a importância dos agentes, sabemos que precisamos dar todas as condições para o trabalho deles e essa entrega vem neste sentido, de fortalecer essa categoria e que eles possam ajudar a fortalecer o Sistema Único de Saúde em nível local", declarou a secretária.
Alex de Almeida, que atua como agente comunitário há 12 anos, destacou a importância que o equipamento terá no trabalho com a população. "Essa era uma reivindicação antiga nossa, porque nós sempre trabalhamos e nunca tivemos EPI, só na gestão do prefeito Marcos Santana que isso foi concretizado. Antigamente tínhamos apenas uma balança por equipe, e agora temos isso de forma individualizada, o que vai facilitar nosso trabalho no dia a dia com a comunidade", destacou.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS