Acusados de matar motorista são denunciados à Justiça

Geral


  • Jailson Santos Galvão, o \'Júnior\', foi um dos acusados pelo crime e está foragido

O Ministério Público Estadual (MPE) apresentou ontem uma denúncia contra os cinco envolvidos no assassinato do motorista de aplicativo Lucas Pasolyne Santos Bezerra, que foi encontrado morto em 9 de maio deste ano, na Barragem Jaime Umbelino, em São Cristóvão. Eles foram acusados pelo crime de homicídio qualificado e podem ser condenados a até 30 anos de prisão. O JORNAL DO DIA apurou que a denúncia foi apresentada pelo promotor Alexsandro Sampaio, na Vara Criminal de São Cristóvão, mas o processo está em segredo de Justiça.

Quatro dos denunciados estão presos: André Felipe Nascimento Santos, o 'Gordinho'; Adriano Barbosa de Santana, o 'Gavião'; Fabiano Santos Cardoso, o 'Compadre',Gabriel dos Santos Oliveira, que é primo da vítima e foi apontado como principal responsável do crime. O quinto acusado, Jailson dos Santos Galvão, o 'Junior', ainda está foragido e teria sido visto por testemunhas no último final de semana, mas quase foi preso.

A denúncia se baseia no inquérito do Departamento de Homicídios (DHPP) da Polícia Civil, que investigou a morte do motorista e apontou que ele foi vítima de uma emboscada. Lucas Pasolyne desapareceu depois de ir buscar um cachorro no bairro Jardins e teve o corpo encontrado no dia seguinte, amarrado, com sinais de tortura e uma faca cravada na altura da nuca. Imagens de câmeras de segurança de um posto no Pai André, em Nossa Senhora do Socorro, foram usadas para identificar os envolvidos.  

O Ministério Público Estadual (MPE) apresentou ontem uma denúncia contra os cinco envolvidos no assassinato do motorista de aplicativo Lucas Pasolyne Santos Bezerra, que foi encontrado morto em 9 de maio deste ano, na Barragem Jaime Umbelino, em São Cristóvão. Eles foram acusados pelo crime de homicídio qualificado e podem ser condenados a até 30 anos de prisão. O JORNAL DO DIA apurou que a denúncia foi apresentada pelo promotor Alexsandro Sampaio, na Vara Criminal de São Cristóvão, mas o processo está em segredo de Justiça.
Quatro dos denunciados estão presos: André Felipe Nascimento Santos, o 'Gordinho'; Adriano Barbosa de Santana, o 'Gavião'; Fabiano Santos Cardoso, o 'Compadre',Gabriel dos Santos Oliveira, que é primo da vítima e foi apontado como principal responsável do crime. O quinto acusado, Jailson dos Santos Galvão, o 'Junior', ainda está foragido e teria sido visto por testemunhas no último final de semana, mas quase foi preso.

A denúncia se baseia no inquérito do Departamento de Homicídios (DHPP) da Polícia Civil, que investigou a morte do motorista e apontou que ele foi vítima de uma emboscada. Lucas Pasolyne desapareceu depois de ir buscar um cachorro no bairro Jardins e teve o corpo encontrado no dia seguinte, amarrado, com sinais de tortura e uma faca cravada na altura da nuca. Imagens de câmeras de segurança de um posto no Pai André, em Nossa Senhora do Socorro, foram usadas para identificar os envolvidos.  





COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS