Técnicos da UFS ocupam setor de transporte

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/06/2012 às 12:22:00

Em greve desde o dia 11 deste mês, técnicos administrativos da Universidade Federal de Sergipe ocuparam na manhã de ontem o setor de transporte da UFS
Um grupo ocupou o local desde ás 6 horas da manhã, firmando barreiras de contenção em todo o estacionamento do setor,  interditando todas as saídas dos veículos. O ato, que faz parte da agenda de mobilização da categoria, teve como objetivo fortalecer a greve dos servidores.
"Este é um momento simbólico que demonstra a radicalização da greve para que, através da pressão, possa acontecer a abertura de diálogo entre os servidores, a direção da Universidade e o governo federal', disse o técnico administrativo da UFS e representante do comando de greve, Lucas Gama.

Estratégia - O Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos da UFS, o SINTUFS, junto com o Comando de Greve, deliberou a ocupação por entender que parando setores estratégicos como o de transporte da universidade, está impedindo que a UFS funcione no período de paralisação e assim enfraqueça o movimento.
"Com este ato, queremos fazer com que os trabalhadores entendam os motivos da nossa greve e que se engajem nesta luta. A intenção é parar todos os setores da universidade que ainda estão funcionando. Queremos a adesão dos trabalhadores a partir da conscientização", reforça o vice-presidente do Sintufs, Antonio José.
Os técnicos administrativos continuaram no setor de transportes durante todo o dia. O departamento de transportes deliberou que, a partir do dia 20 de junho, todo o seu funcionamento passará pelo crivo do comando de greve.
Os veículos utilizados por pesquisadores para visita em campus rurais, pesquisa de extensão e atividades no interior da UFS ficaram parados. As saídas e entradas foram fechadas pelos manifestantes para impedir o funcionamento destes veículos.