Quatro presos por tráfico e homicídios em Itabaianinha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/02/2013 às 09:54:00

Agentes da delegacia de Itabaianinha (Sul) desarticularam uma quadrilha acusada de envolvimento com o tráfico de drogas e crimes de homicídio na cidade. Foram presos Joclécio dos Santos, o "Pardal", 19 anos, apontado como líder do bando; o padrasto de "Pardal", conhecido por "Garrincha", a mãe de Joclécio, conhecida como "Carlinha", e um parceiro de Joclécio que atende pelo vulgo de "Ninho". "Todos estavam em liberdade condicional, pois respondem pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas", destacou o delegado José Luiz Accioly.

Com os criminosos, foram apreendidos uma balança de precisão, uma pedra de crack de 300 gramas, 350 gramas de cocaína, 79 pedrinhas de crack prontas para comercialização, uma cápsula contendo cocaina, seis papelotes de maconha, R$ 2 mil em notas de R$ 100,00 e notas de menor valor, uma arma de fogo calibere 32 com cinco munições intactas que estava em poder de "Pardal", uma máscara, e três aparelhos de celulares.

Segundo o delegado Accioly, as investigações duraram cerca de dois meses e foram feitas diversas diligências. Com a informação de que o líder da quadrilha estava na cidade foi feito o cerco em sua residência e lá efetuadas as prisões e apreensões. "No momento da prisão o 'Pardal' tentou reagir e colocou a mão na arma de fogo para atirar em um dos nossos policiais que foi mais rápido e conseguiu dominá-lo", destacou o delegado.

Ainda segundo o delegado, a arma de fogo apreendida foi utilizada por "Pardal" há dois meses, tirando a vida de Bruno dos Santos por conta de uma dívida de drogas. "No mesmo dia do crime ele ainda tentou assassinar um outro adolescente por conta de disputa de ponto de venda de drogas. Ele já esteve internado no Cenam quando menor por conta de homicídio", finalizou Accioly.